22 de out de 2008

E ELOÁ DEU VIDA



Curioso como às vezes tudo parece estar parado, sem nenhuma novidade, quando de repente... Uma notícia alarmante consegue manter a todos com os olhos grudados nos canais de televisão a esperar pelo fim da história contada e recontada pelos âncoras e repórteres de telejornais (uns mais que sensacionalistas, outros com aparente equilíbio). Toda a Nação parece despertar um sentimento de compaixão, aquela compaixão que não se manifesta no dia-a-dia, aquela que deveríamos nutrir todos os dias tal como o Salvador Jesus (Evangelho de João 6:34). Aí surgem nas ruas os comentários, gente que quer mostrar que é antenado, atualizado com os fatos, fazem lamentações nítidamente hipócritas, só para dizer que tem sentimento, que é cristão!!! Outros, que gostam de parecer entendido em tudo, é capaz até de espalhar notícias enganosas colhidas em sites de quem não tem o que fazer a não ser ludibriar, como é o caso de alguém que já está espalhando que ELOÁ significa "rainha do diabo", quando na verdade ELOÁ vem da raiz hebraica Elloim e significa "Deus". Sim, Deus, Adonai, o Criador e sustentador dos céus e da terra, aquele que deu vida ao universo escuro e vazio em Gênesis 1:1ss, que o embelezou com toda sorte de criaturas tendo como a mais sublime o homem. É fantástico como Eloá (Elloim, Deus), oferece ao homem a vida em toda a sua história. No último domingo choramos quando os telejornais de plantão anunciaram a morte cerebral da jovem Eloá, cruelmente assassinada pelo ex-namorado, descrito pelos psicólogos de plantão como DESEQUILIBRADO (aliás não precisava nenhum especialista dizer isso, pois não fiz Faculdade de Psicologia e já sabia disso, você também). Todavia, num ato de solidariedade, comum a qualquer pessoa que tenha um mínimo de Deus na vida, a família da jovem doa 7 dos seus órgãos. Enquanto a moça cujo futuro poderia ser brilhante, é sepultada sob o lamento de cerca de 36.000 pessoas (segundo imprensa), sete pessoas recebem vida resultado da doação da família de Eloá. Seu irmão, em entrevista a um canal de televisão chega a dizer que Eloá multiplicou-se!!! Gente que sequer conhecia Eloá, teve suas vidas transformadas com sua morte. Enquanto Eloá desce à sepultura, a elas é dada uma chance de viver! Mas a morte de Eloá proporcionou àqueles estranhos a oportunidade de viver no âmbito terreno. O Eloá, Elloim, Deus, quer dar-nos vida eterna. Espere aí... Não só vida eterna, mas vida com qualidade aqui, com alegria, paz, felicidade.
Elloim, Elloá, Deus, oferece-nos todos os dias a chance de viver, viver com qualidade. No livro de Deuteronômio 30:19, Ele nos faz uma proposta: vida ou morte! E aconselha: "...escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua semente." Para que recebêssemos esta vida Ele deu seu Filho para morrer por nós. Evangelho de João 3:16 diz: " Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê, não pereça, mas tenha a VIDA eterna."
Como aquelas pessoas que receberam vida através dos órgãos doados de Eloá não a conheciam, assim também o homem embora não conheça Deus de perto pode receber vida através de Jesus Cristo: " Que naquele tempo estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos aos concertos da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo. Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto."
Você também pode receber a vida de Deus através de seu Filho Jesus Cristo!!!