28 de dez de 2009

MÚSICA DE ARTISTAS NÃO EVANGÉLICOS PODEM SER OUVIDAS E CANTADAS PELOS EVANGÉLICOS?

Uma pesquisa realizada nesta página, revelou que para 22% dos que responderam à pergunta: "O Cristão pode ouvir e cantar música do mundo?", crente pode sim, para 44% não, 33% respondeu: depende. A pesquisa, além de revelar que uma parte ainda preserva o pensamento de que música não evangélica não deve ser cantada nem ouvida por crentes, revela também que a opinião de uma boa parte mudou. Se considerarmos os 33%, veremos que boa parte deste universo está disposto a discutir o assunto e aceitar aquelas músicas que não ofendam princípios da Palavra de Deus.
Para o Pr. Dário Gomes, Diretor da Semadesal e Pastor Auxiliar da Adesal Iguatemi, " a questão da música mundana é uma questão cultural, ou seja, o povo evangélico entende como música mundana, toda música não gospel." Já para o Pastor Felipe Carvalho, Pastor da Adesal Amaralina e Diretor da Semadesal, entende que temos fazer separação entre a música "profana" e a "secular". Em sua opinião, a música profana é aquela que fere princípios morais e bíblicos, enquanto que a secular é aquela que não foi composta no universo gospel, mas sua letra é uma poesia ou um protesto, ou coisa semelhante, podendo ser ouvida ou cantada por todos.
No site Presbiterianos Online, que levantou a mesma questão, o internauta Aquiles Arminio Lins respondeu que "tem músicas ditas evangélicas que são verdadeiras heresias, e as pessoas cantam fechando os olhos e colocando as mãos no coração..." E heresia é o que realmente não falta em muitas músicas gospel! Na verdade o maior interesse na gravação de muitas músicas gospel é o comércio, portanto, muitos desses compositores e cantores não estão nem aí se tem equívocos teológicos ou não.
Para Leonardo, que também postou sua opinião no Presbiterianos Online, "uma resposta adequada a esta indagação deva começar pela elucidação daquilo que estamos acostumados a entender como o "mundo". O termo grego mais traduzido por mundo eh a palavra kosmos, e há pelo menos oitos significados possíveis para ele... Alguns desses significados possíveis, de acordo com cada contexto, podem ser, por exemplo, "o mundo físico, o universo material", ou "os habitantes da terra, os seres humanos, a raça humana", "os gentios, em contraste com os judeus", "um sistema ímpio, um espírito ou disposição coletiva que opõe-se frontalmente à Deus e aos seus desígnios ou toda a massa de seres humanos alienados de Deus e hostis à causa de Cristo", dentre outros sentidos possíveis, os quais so podem ser determinados por meio de uma análise cuidadosa do texto original e de seus contextos imediato e mais amplo..."
O último significado citado por Leonardo é o aplicado para música mundana na concepção dos evangélicos: um sistema ímpio, um espírito ou disposição coletiva que opõe-se frontalmente à Deus e aos seus desígnios ou toda a massa de seres humanos alienados de Deus e hostis à causa de Cristo.

O fato é que, o meio gospel precisa repensar sobre o tipo de música que deva ser considerada como pura e que produza louvor a Deus. Se formos tão radicais com as músicas chamadas do mundo, teremos que ser com as chamadas gospel e que trazem em suas letras heresias e erros grotescos.
Voltando a alguns anos atrás, quando Shirley Carvalhaes era considerada por muitos a musa da música gospel, um dos seus mais conhecidos sucessos, A cruz, traz em sua letra a seguinte expressão:


A cruz foi a mais pesada
Por fora só viram madeira
Mas por dentro estava os meus pecados.

Não precisa ser profundo teólogo para saber que nossos pecados foram levados por Jesus e não pela cruz. (Is. 53:4,5).
Isso sem falar na pobreza de alguns cantores gospel que copiam músicas profanas e sem conteúdo, colocando uma "letra gospel", como é o caso do tal Bonde do Céu que teve o péssimo gosto de plagiar famosa música do "créu" (http://www.youtube.com/watch?v=oGZ4mr7K1HQ )

CONTINUA...

PARA REFLETIR!







23 de dez de 2009

ANO QUE VEM...

"Ano que vem...", essa é a expressão mais usada nesta época do ano. "Ano que vem eu faço", "ano que vem melhora", "ano que vem eu consigo", "ano que vem eu mudo". Os anos vão se passando e a gente continua adiando tudo para "ano que vem". Interessante que pensamos que para Deus este "ano que vem" existe, quando na verdade Deus não conhece "ano que vem", pois Ele não está limitado ao tempo.
Na noite de 31 de dezembro então... Quantos anos que vem Deus escuta! No dia 1º de janeiro porém, temos que pensar nas férias, em fevereiro/março/abril, no Carnaval, início das aulas, formaturas, pagamento das dívidas, algumas feitas inpensadamente, etc. Ufa, chegou o meio do ano, outro dia que o ano iniciou! E continuamos... até que dezembro chega e tudo vira um ciclo miseravelmente vicioso.
As promessas feitas para o "ano que vem", a esta altura dos acontecimentos, estão vivas apenas em nosso inconsciente e despertarão de novo na mesma época do ano como numa ação peculiar do mecanismo de defesa do psiquismo humano. Defesa, porque o ser humano precisa deste mecanismo para provocar nele a sensação de que há uma saída para a percepção do estado de derrota.
Os anos se passam e dificilmente percebemos que as promessas feitas para o "ano que vem" devem se tornar realidade neste ano de nossas vidas.

7 de dez de 2009

ESTAR NO HAITI


Estar no Haiti foi viver uma experiência singular, principalmente sob uma perspectiva espiritual. Ao andar pelas ruas de dia, vi a falta de infraestrutura, saneamento básico, necessidades fisiológicas sendo feitas em qualquer lugar. A maioria das vias movimentadas de carros não tem sinalização; os carros buzinam o tempo todo, é um stress insuportável. As pessoas falam umas com as outras como se estivessem no auge de uma calorosa discussão no dialeto crioulo. O transporte coletivo é um caos. Ônibus velhos e pequenos superlotados, ou, vans mal conservadas com gente uma em cima da outra. Peguei uma van dessas, glória a Deus pelo transporte coletivo de Salvador!
À noite a cidade está em completa escuridão, com excessão dos lugares onde moram pessoas ricas, grandes comércios e na praça do Palácio do Governo. Nos demais lugares, nas padarias, farmácias, etc., o que funciona como iluminação são velas e candeeiros!
Mas a escuridão não é apenas física. As trevas espirituais cobrem o Haiti. Segundo o Pr. Eduardo, Sargento dos Fuzileiros Navais da Força de Paz do Brasil no Haiti, 85% da população pratica bruxaria vodu.
Em Jacmel, onde está nossa Missionária Iraildes, a quem fui visitar como representante da Adesal (Assembléia de Deus em salvador), há falta de conhecimento bíblico, por isso há muito misticismo nas igrejas; a Bíblia é interpretada literalmente algumas vezes. Os Pastores e Líderes precisam de conhecimento teológico urgente.
A Missionária Iraildes tem 5 escolas em Jacmel, presta ajuda humanitária a várias famílias, tem uma equipe de 12 professores a quem paga um salário em média de 2.000 gourdes ou R$ 50,00 a cada um com ajuda de pessoas que apoiam seu projeto sócio-educativo e ainda precisa de ajuda, pois um professor em Jacmel ganha em média de 5.000 gourdes.
Estar no Haiti e viver ao lado desta valorosa serva de Deus durante uma semana, foi ter a oportunidade de ouvir mais Deus, sentir Ele dizendo que devemos deixar de lado nossas intrigazinhas medíocres, nossas disputas desnecessárias, nossas discussões sem valor e sem sentido!
Haiti morre, perece, precisa de nós. De nossas orações e esforços para enviar mais Missionários, de nossas contribuições.
Estar no Haiti foi ouvir o clamor do mundo sem Cristo...

28 de nov de 2009

ESTOU NO HAITI

A MISERIA, POBREZA MARCA A SOCIEDADE HAITIANA
ESTE E O CENTRO DA CAPITAL PORTO PRINCIPE
CENTRO DE PORTO PRINCIPE, TRANSPORTE COLETIVO, UM VERDADEIRO CAOS.

ANTES DE DESEMBARCAR NO HAITI, PASSEI POR REPUBLICA DOMINICANA E LA E COMUM O USO DE ARMAS EM PADARIAS, LANCHONETES... ESTE E UM FUNCUINARIO DE UMA LANCHONETE


AO CHEGAR EM PORTO PRINCIPE - HAITI, COMO A MISSIONARIA IRAILDES QUE IRIA ME RECEBER NO AEROPORTO, DEMOROU, ESSES SOLDADOS DA FORÇA DE PAZ BRASILEIRA DA ONU NO HAITI ME RECEBERAM E ME DERAM PROTEÇÃO ENQUANTO ESPERAVA A MISSIONARIA, POIS ALGUNS DESONESTOS QUERIAM ME EXTORQUIR.




23 de nov de 2009

Pr. Marco Feliciano entra para a política e quer ser Senador!

O empresário e Pastor Marco Feliciano declarou em entrevista coletiva no dia 07 de outubro, que será candidato pelo PSC – Partido Social Cristão a Deputado Federal.
Confira a Entrevista no site http://noticias.gospelmais.com.b

Só para lembrar: "Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra". (II Timóteo 2:4)

20 de nov de 2009

CONGRESSOS, CONFERÊNCIAS, ETC.: NOVA INDÚSTRIA DE DINHEIRO

Começou a tal Conferência, ou Congresso, sei lá, não tem diferença mesmo, pois a maioria de seus organizadores nem sabem qual a diferença; sim, porque o foco não é o que se vai tratar naquele evento e sim o dinheiro, isto é, "quantas inscrições a R$ 50,00 poderá dar um lucro de...? Ôpa, se tudo der certo, ano que vem faremos a próxima edição".
Bem, mas vamos lá. Estamos sentados no auditório lotado de algumas figuras vindas de outras localidades das diferentes denominações, Pastores, Bispos, Apóstolos, Vice Deus e lá vai. Depois do show do "artista" gospel, que cantou uma música badalada nas fm's evangélicas, e que, só por isso, faturou uma grana preta por aquela noite, chega a hora do Conferencista Internacional, com roupa estravagante, suspensole, alguns anéis e um relógio da cor do ouro, começa sua fala do jeitinho que todos nós já sabemos, exaltando o organizador do evento, o Pastor tal, Bispo tal, Apóstolo tal, diz que acabou de chegar de uma viagem cansativa onde pregou por vários dias em várias cidades e países e por lá aconteceram milagres que com certeza não veremos ali, naquele evento.
A voz "mansa" no início é para deixar aquela impressão de que dali não sairá nada, mas ai de quem pensar assim, porque a coisa vai ferver no final... Depois abre num texto bíblico, o qual, quem conhece bíblia sabe, que será distorcido, usado sem nenhum respeito a todos os tipos de contexto. Em seguida olha para o auditório e dá uma olhada que deixa a impressão (em quem não conhece Deus e sua Palavra) de que Deus lhe está revelando algo "profundo". O povo começa a gritar, sem nem saber o conteúdo da suposta revelação ou o que vem pela frente, esquecendo-se totalmente que nosso culto a Deus deve ser racional, inteligente, capaz de ponderar e filtrar.
Um "avivamento" fajuto, irracional e descompromissado começa a acontecer. Pulos, gritos, manifestações irreverentes e outros absurdos são vistos, praticados em nome do Santo Espírito de Deus! E do púlpito, tudo é orquestrado pelo tal Conferencista que fala em Jesus, mas está longe de viver como Ele ensinou. Centenas de reais são arrecadados do auditório em ofertas, inscrições, vendas de livros finos com no máximo 20 páginas, cd's e dvd's, etc. É a poderosa indústria gospel dos Congressos.
Alguns usam até o nome de Missões. De vez em quando recebo uns cartazes dos chamados "Congressos" de Missões, com dezenas de pregadores e cantores que só vem com altos cachês. Pergunta: Quanto desse evento foi investido em Missões? Quem prestou contas? A resposta você já conhece.
O fato é que, no meio gospel, essa é uma nova forma de fazer dinheiro.
É óbvio que neste universo temos aqueles que fazem seus eventos com seriedade, com a intenção de despertar algo no povo, que o leve realmente a uma reflexão sobre o tema proposto, como é o caso do I CONGRESSO MISSIONÁRIO DA IGREJA BATISTA ALTO DO CRUZEIRO, dias 27 a 29 de novembro que discutirá a Plantação de Igrejas e Responsabilidade Social da Igreja. O evento debaterá o papel da Igreja sob a ótica dos dois temas com a presença de Líderes experientes nas duas áreas e não será cobrado taxas de inscrições.
Percebo que precisamos urgente fazer um Congresso de Volta ao Ensino Sistemático e Exautivo da Palavra de Deus. Claro que poucos comparecerão, mas estaremos fazendo a nossa parte, a parte que compete aos Líderes escolhidos por Deus: avisar ao povo, clamar como atalaias, abrir nossas Bíblias, gastarmos tempo orando e buscando a Palavra que realmente produz avivamneto, o avivamento bíblico. Só assim, a falência será declarada à essa nova indústria de fazer dinheiro.

17 de nov de 2009

ARREBATAMENTO DA IGREJA? QUE É ISTO?

Não é brincadeira não. Pergunte a um novo convertido ou um adolescente de sua igreja: "O que é Arrebatamento?", a maioria responderá que não sabe ou dará uma resposta equivocada. Grande parte nem saberá citar um texto bíblico que ratifique sua resposta. Este é o ensinamento mais esquecido da Igreja nos últimos 20 anos! Paul Washer, um teólogo do Sul dos Estados Unidos, disse que "as doutrinas elementares da Bíblia estão são sendo esquecida pelos que se dizem ser salvos". Fundamentos da fé cristã protestante como: Salvação, Regeneração, Santificação, Reconciliação, Pessoa do Espírito Santo. Aliás, o Espírito Santo é uma pessoa? Ele não é aquela unção maravilhosa que me faz chorar e falar em outras línguas? Bem, prossigamos. Esta amnésia espiritual (esquecimento das doutrinas fundamentais), tem favorecido a entrada de heresias em nosso meio e levado o povo a negligenciar a uma vida de vigilância para que aquele dia não nos apanhe despreparados.
Estive esses dias pensando em Mt. 25:1-13, aquela passagem das dez virgens, e observei que em algum momento tanto as virgens prudentes quanto as néscias tosquenejaram, dormiram. Será que não seria este um momento da história da Igreja em que ela passaria por um período de sono espiritual? Não estaríamos vivendo este momento? Tempo de frieza espiritual, raquitismo e analfabetismo espiritual? Será que não estamos todos dormindo?
No livro Cristianismo em Crise, o autor convida-nos a voltar aos ensinamento elementares da fé bíblica, afim de que voltemos a praticar uma fé genuína e sadia, a fim de que saiamos da ignorância teológica.
O arrebatamento acontecerá e é preciso ensinarmos depressa a esta nova geração de salvos!

A NOTÍCIA QUE A GLOBO NÃO QUIZ DAR COBERTURA

Dois ministros do Supremo Tribunal Federal decidiram que os fundadores da Igreja Renascer em Cristo não cometeram crime de lavagem de dinheiro. A acusação foi feita pelo Ministério Público de São Paulo, que também denunciou o casalEstevam e Sônia Hernandes de comandarem uma organização criminosa.

O ministro Marco Aurélio Mello, relator do processo no Supremo, entendeu que não se pode falar em lavagem de dinheiro porque não teve crime anterior. Ou seja, o dinheiro não foi arrecadado por uma organização criminosa. E pediu o fim da ação penal:

- A historinha contata pelo Ministério Público na denúncia não configura no Brasil crime, e foi a base do meu voto.

O ministro Dias Toffoli endossou o voto de Marco Aurélio Mello e reforçou a tese da defesa. O julgamento acabou sendo suspenso depois de a ministra Carmem Lúcia pedir vista do processo. Isso significa um prazo maior para apresentar sua decisão.

Os dois ministros da mais alta corte da Justiça brasileira foram objetivos: pela lei federal, uma pessoa precisa cometer um crime antes de ser acusada de lavagem de dinheiro. Segundo a denúncia, esse crime seria o de “organização criminosa”. Um crime que nem é previsto no Código Penal.

Para o advogado do casal, esta tese vai criar precendente “para um sem número de outros processos onde a mesma questão é debatida”:

- Alguém pode ser processado no Brasil por crime organizado enquanto não houver legislação específica sobre isso? não pode.

FONTE: http://romanegocios.wordpress.com

10 de nov de 2009

NÓS TAMBÉM TEMOS ERGUIDO NOSSOS MUROS DE BERLIM

ALEMANHA (*) - Líderes mundiais do passado e da atualidade participam nesta segunda-feira na capital alemã de eventos para comemorar os 20 anos da queda do Muro de Berlim, um marco que representou a desintegração do bloco comunista na Europa Oriental.
A chanceler alemã, Angela Merkel, se juntou ao ex-líder soviético Mikhail Gorbachev e ao ex-presidente polonês Lech Walesa em uma caminhada pelo antigo posto de controle na ponte de Bornholmer, o primeiro a ser aberto em 9 de novembro de 1989.
Merkel disse que este é “não apenas um dia de celebrações para a Alemanha, mas para toda a Europa”.
“(A queda do muro) foi o resultado de uma longa história de opressão e do esforço contra a opressão”, disse.
Antes, a chanceler alemã disse que a unificação das duas Alemanhas ainda está incompleta, já que o leste ainda não está tão desenvolvido economicamente quanto o oeste. (Portas Abertas).

Na opinião das autoridades internacionais, uma palavra define a existência absurda do Muro de Berlim: opressão. O muro separou, dividiu, impôs um estilo de vida aos cidadãos alemães que lhes tirou a liberdade, o direito, tirou-lhes a esperança, a vida...
"A Alemanha Oriental comunista ergueu o muro de concreto com 155 quilômetros de extensão em torno de Berlim Ocidental em 1961 para evitar que moradores do lado comunista fugissem para o reduto capitalista. Acredita-se que mais de cem pessoas tenham morrido tentando escapar pelo muro". (Portas Abertas).
Esta irracionalidade humana não é nova, ela se repete ao longo da história da humanidade, tudo em nome de uma "ideologia", de uma fé como a de alguns grupos religiosos que matam em nome daquilo que acreditam, toma a todos que acreditam diferente dele, como inimigos mortais.
Meu professor de Filosofia desafiou-nos certa vez a destituirmo-nos do que acreditamos e colocarmo-nos no lugar de quem acredta diferente de nós, para que pudéssemos entender sua maneira de agir. A princípio, resistimos, porque aquilo que acreditamos está tão enraizado em nós que, pensar diferente é absurdo, nós estamos certos! Então levantamos nossos muros de berlim e ai de quem ousar atravessar para o outro lado!
O site de Portas Abertas noticiou: "Havia um claro confronto ideológico e de valores. Um pensador comunista disse: 'A responsabilidade do comunismo é ser militante ateu, um lutador ativo para a pureza da ideologia soviética e para uma erradicação completa do preconceito religioso'".
Este era o perfil do comunismo que levantou o muro de Berlim: "um lutador ativo para a pureza da ideologia soviética". Veja, pureza ideológica! Não é esta, muitas vezes, a bandeira que balançamos em torno do que cremos? E não é a partir de interpretações equivocadas de nossa filosofia de vida passada a nós por nossos líderes, que levantamos nossos muros de berlim?
Erguemos muros separando os crentes pentecostais dos tradicionais e ambos dos históricos e neopentecostais; sim, claro, porque temos também pureza ideológica!
Muitos pentecostais não visitam os "tradicionais", pois sua ideologia pode comprometer a pureza de seu pentecostalismo. Já os tradicionais também tem seus muros, claro, esses pentecostais espiritualizam tudo e isto poderá trazer danos à sã doutrina.
Para os neopentecostais, tanto tradicionais quanto pentecostais não vivem a o Evangelho em sua plenitude, pois não pregam a Teologia da Prosperidade! E tome mais muro!!!
Entre um muro e outro morrem todos os dias crentes sem raiz, pois negaram-lhe o direito de comungar com os irmãos de fé um relacionamento sem reservas, negaram-lhe o direito de entender que diante de Deus "não há grego, nem judeu, circuncisão, nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; mas Cristo é tudo em todos". (Colossenses 3:11)
Enquanto isto nossa sociedade está entregue às potestades e príncipes das trevas, porque escolhemos não nos unirmos para combatê-los, porque escolhemos não entender que a igreja de Cristo é a "universal assembléia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus..."(Hebreus 12:23)
Passamos a vida erguendo nossos muros. A sociedade alemã de 1989 entendeu que em nome de uma ideologia política equivocada, a liberdade foi tolhida, a vida foi tirada, o ser humano foi subjugado! Será que não chegou a hora de fazermos o mesmo?
A paz irmãos pentecostais, a paz irmãos tradicionais, a paz irmãos neo pentecostais, a paz, a paz, a paz...

3 de nov de 2009

ATENÇÃO EVANGÉLICOS DO BRASIL LIVRE: VOCÊ É REALMENTE CRISTÃO?

Domingo, dia 01/11, recebemos em nossa Igreja, Assembléia de Deus em São Cristóvão, o Pr. Eli Roberto, que até a semana passada era Correspondente Nacional de Portas Abertas, uma ong que dá auxílio a cristãos perseguidos no mundo, e que agora faz o mesmo trabalho de forma voluntária. Ao ouvir o jovem pastor batista sobre suas experiências na Ilha de Cuba, por várias vezes pensei neste cristianismo vivido por nós brasileiros.
Durante sua preleção, também tivemos a oportunidade de ver fotos tiradas durante sua visita à Ilha. Igrejas queimadas, destruídas, Líderes assassinados. Para se construir um prédio evangélico em Cuba é necessário fazer um pedido ao governo com a relação dos materiais necessários, o que pode levar meses ou anos, porque os materiais de construção só são liberados depois de atender as necessidades do estado, aí o Líder terá que procurar uma loja do governo e receber o que sobrou!
Vimos pelas fotos que as igrejas não tem acesso a nenhuma tecnologia, a igreja de melhor condição usa uma máquina de escrever antiga, os carros são da década de 50, em algumas localidades só há um caminhão para atender as necessidades de transporte. Os pastores, principalmente os influentes, são monitorados, recebem ameaças de morte, suas famílias sofrem retaliações.
Todavia, o Pr. Eli falou-nos que os crentes cubanos são alegres e confiantes, não vivem reclamando, glorificam a Deus em meio às perseguições.
Ele ainda falou-nos de um pastor na China que recentemente foi condenado a 3 anos de prisão por transportar bíblias para seu país e como este pastor se sentiu feliz por sua setença ser resultado de sua fidelidade a Deus! Este pastor, na noite que ouviu sua sentença, foi lançado numa cela escura onde sentiu a presença de Deus e uma paz profunda que o levou a glorificar a Deus!
Tivemos ainda a oportunidade de ver um vídeo de nossa irmã Évelyn cujo marido e filha mais velha foram assassinados simplesmente pelo fato de serem crentes e como essa irmã resistiu ao sofrimento louvando ao Senhor Jesus Cristo. Sabe? Ela continua na mesma ilha da China levando avante o trabalho do marido: pregando aos muçulmanos!
Penso que precisaria sentar um pouco para ouvir esses heróis da fé e aprender com eles sobre resistência, perseverança, fidelidade, esperança...
Temos sido realmente cristãos?

NUNCA ESQUEÇA SEU CELULAR

Disparo acertou em celular, que estava na bolsa da vítima (Foto: Divulgação/Agência Estadual de Notícias)

Uma jovem de 23 anos quase foi baleada durante uma confusão que ocorreu em um bar de Curitiba, na segunda-feira (2). O tiro atingiu o celular dela, que estava dentro da bolsa, e ela foi salva. "Nem vi a pessoa atirando. Eu me joguei no chão e só depois percebi que uma bala atingiu minha bolsa", disse a moça ao G1.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Paraná, um rapaz de 26 anos brigou com um segurança da casa, quando tentava sair levando uma cerveja. Depois, ele voltou armado e atirou contra o bar. Uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas. A câmera de segurança registrou o ataque. Um suspeito foi preso.

A garota disse que estava conversando com amigos quando ouviu os disparos. Todos se jogaram no chão. Uma amiga dela teve ferimentos na perna, no pé e no braço.

"Quando os tiros pararam, nós ainda esperamos para ver se não começava tudo de novo. Minha amiga começou a me puxar e vi que ela estava ferida. Depois que chegou a ambulância, fui procurar o celular para pedir ajuda e vi que minha bolsa tinha sido atingida", contou. A bala ficou dentro da bolsa e ainda está com ela. "Vou levar para a polícia."

Na segunda-feira, a vítima disse que "nem conseguia falar". Ela tomou calmantes e deve ter ajuda de psicólogos para lidar com o susto. "Se não tivesse a bolsa, o tiro ia ser fatal", comentou.

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL1364584-5598,00-CELULAR+PARA+BALA+E+SALVA+JOVEM+DE+ANOS+NO+PARANA.html

Se as indústrias de aparelhos celular usam material tão resistente quanto o usado no aparelho desta jovem, então usemos a mesma matéria para nossas roupas, nossos carros, bolsas, janelas de nossas casas..., porque bala perdida é o que não falta!

PERIFERIA DE SALVADOR SEM LEI

Ultimamente na periferia de Salvador o cidadão trabalhador não tem mais direito de descanso e silêncio, sem falar nas pessoas idosas e crianças, especialmente as rescem nascidas, e tudo isso por causa do volume absurdo dos carros de sons que estacionam em qualquer lugar, a qualquer hora do dia ou da noite! E, pasmem, ninguém faz nada. Recentemente um amigo contou-me que muitas vezes precisa levar o filho rescém nascido para uma outra localidade de seu bairro para a criança poder dormir, pois em sua rua tal direto lhe foi tirado por conta dos tais carros! Este é o quadro:
  1. Os incomodados não saem para reclamar porque não sabem com quem está mexendo. Vai que seja alguem armado e que não gosta de ser chamado atenção!
  2. Não adianta ligar para os órgãos competentes, eles ignoram sua ligação, principalmente se for na periferia, naqueles bairros considerados violentos.
  3. Quando tais órgãos passam no local em suas viaturas, faz-se um silêncio temporário. É a viatura sair, para tudo começar de novo!
O fato é que estamos sem lei na periferia. Os carros de sons tem nos tirado a paz, nossos direitos tem sido infringidos por conta desses abusos e ninguém faz nada.
Por outro lado, logo que a Sucom é comunicada de alguma igreja que abusa do volume do som em seus cultos, embora o som das igrejas fiquem ligados em média de duas horas em alguns dias da semana, enquanto que esses carros de som ficam horas ou até a noite inteira, o órgão logo comparece e aplica multa sem julgamento.
Isso tudo sem falar nos bares clandestinos nas esquinas de cada rua que colocam suas cadeiras em plena rua interditando-a a ponto de impedir o trânsito! Tudo isso acontece e nós que fazemos tudo para cumprir com nossos deveres, simplesmente nos vemos todos os dias sendo afrontados pelos transgressores da lei e não temos a quem recorrer.
Que fazer?
  • É necessário uma medida política (uma lei municipal) acerca da instalação de sons em carros particulares;
  • Uma fiscalização séria na periferia (quando você liga pra Sucom, eles dizem que não tem viatura suficiente para atender);
  • A mesma lei precisa abranger os bares;
  • os bares clandestinos devem ser regulamentados.
Enfim, precisamos urgente que a lei seja cumprida, especialmente na esquecida periferia!

31 de out de 2009

UMADENE: REFORMA ESTATUTÁRIA E REELEIÇÃO



A 24ª Umadene foi marcada pela reforma estatutária, presidida pelo Pr. Abiezer Apolilinário (Adesal), e confirmação do Pr. José Antonio (Neco) na diretoria do órgão, que reuniu cerca de 1.000 ministros evangélicos vindos de todo o nordeste. Além das reuniões plenárias e das que comportavam apenas os Presidentes de Convenções, aconteceram ainda cultos com a presença de vários cantores da região alagoana e pregadores da Palavra de Deus.
A mesa Diretora ficou assim formada:

Presidente de Honra: Pr. Francisco Pacheco de Brito (COMEAD-CGPB)
Presidente: Pr. José Antônio dos Santos (COMADAL)
1º Vice-presidente: Pr. Pedro Aldi Damasceno (CEADEMA)
2º Vice-presidente: Pr. Roberto José dos Santos (COMADALPE)
3º Vice-presidente: Pr. Pedro Cavalcanti Falcão (COMEADEC)
4º Vice-presidente: Pr. Ozires Teixeira Pessoa (CONFRADECE)
5º Vice-presidente: Pr. Dermeval Lopes Cerqueira (CEADEB)
1º Secretário: Pr. Emídio Barbosa de Lima Brito (COMEAD-CGPB)
2º Secretário: Pr. Nestor Henrique Mesquita (CEADEP)
3º Secretário: Pr. José Carlos de Lima (COMADEP)
4º Secretário: Pr. Maurino Pinheiro do Nascimento (CIMADEC)
5º Secretário: Pr. José Alves Cavalcanti (COMADESMA)
1º Tesoueiro: Pr. Amaro Antonio Cristovan Filho (COMADAL)
2º Tesoureiro: Pr. Gerinaldo Messias (CONEADESE)
3º Tesoureiro: Pr. Edilson (CONFRADECE)
4º Tesoureiro: Pr. Martin Alves da Silva (CEMADERN)

Vale dizer que uma Caravana de Salvador/Ba. com vários Ministros, esteve presente.

24 de out de 2009

TRANSFORMAÇÕES: A SOCIEDEADE PODE MUDAR!

Transformações é um documentário resultado de pesquisas em várias comunidades internacionais com um olhar cristão evangélico.
Tudo que acontece em uma comunidade é resultado daquilo que ela acredita e do estilo de vida que ela resolve seguir. Suas mazelas, na verdade são os sintomas de uma doença não diagnosticada cujos efeitos são combatidos em detrimento da causa. A visão política e social apenas, não consegue dimensionar a gravidade do problema das comunidades hodiernas. As autoridades e instituições internacionais têm se reunido em seus fóruns, seminários e conferências a fim de discutir e buscar soluções para a degradação dos direitos humanos, violência, guerra, drogas, porém, o quadro mundial se torna cada vez mais enfermo, necessitando urgentemente de uma transformação cada vez mais distante.
O documentário, todavia, mostra uma solução bem próxima, mas tão ignorada pelos intelectuais da sociologia e filosofia modernas. Solução que não erradica a doença, mas minimiza sua influência, seu poder. Não erradica porque o nome da doença é pecado e existe uma lei espiritual que diz que “todos pecaram” Rm. 3:23 e que todos foram encerrados “debaixo da desobediência” Rm. 11:32.
Todavia, quando a sociedade se volta para Deus, confessando seus pecados e resolve amoldar seu estilo de vida ao da Palavra de Deus, as transformações sociais, políticas e econômicas começam a acontecer. Embora pareça “religioso” e fanático demais para os cientistas políticos e sociólogos dos nossos dias, o documentário mostra que a referida transformação não é apenas um discurso, mas um fato comprovado e visto nas comunidades do mundo inteiro.
Mas vale lembrar que, esta transformação só é possível a partir do posicionamento da Igreja, daqueles que pregam a Palavra de Deus. No exemplo de Cali, na Colômbia, vemos um líder que não se conformou com a degradação de sua cidade, buscou soluções através da unidade, oração e ação em evangelismo da igreja local, descobrindo com as devidas estratégias, a raiz de seu problema.
Enfim, as transformações sociais são possíveis através de uma ação da Igreja contra o pecado. Poderíamos pensar que essas transformações só acontecem a partir do nosso engajamento em setores da política, apesar desta atitude também ser necessária algumas vezes. No Documentário Transformações, somos desafiados a entender que a solução mais eficaz está num olhar bíblico e espiritual da Igreja Local e que este olhar deve preceder ao do político e social, embora eles sejam necessários como auxiliares neste processo.
Para que a transformação de que necessita nossa comunidade, comece a acontecer, a Igreja precisa ter uma visão bíblica de pecado e de sua danosa influência na sociedade. Precisa também entender que, a Igreja de Cristo é o seu corpo místico e não a organização considerada a partir de sua placa denominacional. Que os resultados de sua ação sob a visão bíblica resultará numa sociedade mais justa cujos benefícios serão sentidos por todos, inclusive pelas autoridades locais.

O Peregrino: A ficção que retrata a realidade.

Tanto o livro quanto o filme retratam a luta diária e constante que um genuíno cristão encontra a partir do momento que entrega sua vida a Cristo, resultado de uma revelação da Bíblia, o “Livro Sagrado”.

Primeiro, aprendemos que a Bíblia Sagrada tem o poder de confrontar nossos pecados a ponto de fazermo-nos sentir seu peso e evidência. Foi o que “Cristão”, personagem central da trama, sentiu quando começou a ler o Livro Sagrado. O mesmo abriu-lhe os olhos para a situação do homem sem Deus ao seu redor, mui especialmente dentro de seu próprio lar. Esta busca da alma humana incitada pela revelação da Palavra de Deus, nem sempre é entendida por quem ainda não teve a mesma experiência, pois estas pessoas estão cegas espiritualmente (2 Co. 4:4).

Daí, surgir em seu caminho, aqueles que tentarão persuadi-lo a desistir do caminho, como vemos na figura de “Obstinado” e “Flexível”, dois tipos de pessoas: aquele que obstinadamente quer permanecer em seu estado de pecado, ignorando o que a Palavra de Deus tem a dizer, e aquele que, é tão flexível, que não tem opinião própria, ele dirige sua vida de acordo com que o outro diz ou com a circunstância do momento, desistindo da fé diante da primeira adversidade.

Mas a trama de “O Peregrino” ensinano-nos também que, é necessário prosseguir enfrentando os perigos que surgem na caminhada para o céu, que sempre encontraremos quem fará de tudo para nos manter afastado do caminho e esses inimigos estão representados nas figuras de “Sabedoria Segundo o Mundo”, “Castelo do Desânimo”, “Sensualidade”, nos prazeres efêmeros expostos na “Feira da Vaidade”, no perigo a que ficaremos expostos quando confessarmos publicamente a nossa fé, resultando assim no martírio de nossa vida, etc.

Uma outra lição extraordinária é o fato de que, Deus, conhecendo nossas fraquezas, sempre está pronto a ajudar-nos quando, em meio à nossa desobediência, sairmos do caminho, dando-nos o que precisaremos para alcançarmos a vida eterna. Isto fala da nossa imperfeição no propósito de seguir o Rei.

O fato é que, a vida cristã é uma luta diária em várias dimensões: no lar, no cotidiano, nos relacionamentos, no mundo espiritual, onde Satanás colocará sempre suas hostes a postos a fim de nos impedir de alcançar a cidade celestial. A porta é realmente estreita e nossa batalha é estabelecida quando colocamos no coração o propósito de entrar por ela e andar em seu caminho igualmente estreito.

A grande recompensa de quem renunciou o mundo, família e tudo mais, nos espera no final da estrada que nos conduz definitivamente à presença do Rei: “E todo aquele que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou terras, por amor de meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna”. (Mt. 19:29)

Será nos portais celestiais que se entenderá que a vitória verdadeira é aquela que finalmente nos introduz à presença do Rei, onde viveremos livres do pecado. “Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas”. Ap. 21:4

Segundo o blog abundantegraca.wordpress.com "O filme O Peregrino – Uma Jornada Para o Céu é uma adaptação moderna do maravilhoso e clássico livro de John Bunyan. É provavelmente a história de fantasia mais conhecida de todos os tempos! O clássico foi considerado uma obra prima ao redor do mundo, foi publicado em mais de 100 línguas e é o livro mais lido do mundo depois da Bíblia. Com incríveis efeitos especiais, belíssimos cenários e um elenco maravilhoso, essa nova adaptação traz vida à história que inspirou cada geração por centenas de anos. Christian e seus companheiros seguem numa grande jornada da Cidade da Destruição para os portões do céu enquanto eles encaram grandes e pequenos obstáculos feitos por homens e demônios. Além da história fascinante, a magnífica fábula de Bunyan nos ensina sobre a fé e esperança presente na vida cristã, e mostra a triunfante glória que espera a todos os que seguem com fidelidade o Rei dos reis!".

Eu assisti e comprovei. O triller pode ser visto em: http://www.youtube.com/watch?v=tHPHnOOSsew&feature=player_embedded



22 de out de 2009

MAIS UMA INFELIZ DECLARAÇÃO DE LULA!

Enquanto que Fernando Henrique, quando Presidente da República, toda vez que se pronunciava, a nação tinha que recorrer ao dicionário, ou então emudecer diante de sua retórica seja em encontros no Brasil ou no exterior, e olha que era difícil ele precisar de um tradutor lá fora, Lula nos preocupa toda vez que resolve explicar sua embaraçosa aliança com os tais "opositores".
Segundo a Folha Online esta teria sido a infeliz frase da maior autoridade desta nação:
"Se Jesus Cristo viesse para cá, e Judas tivesse a votação num partido qualquer, Jesus teria de chamar Judas para fazer coalizão".
Obviamente que a exdrúxula comparação de Lula, ganhou repercussão internacional. A Igreja Católica logo deu sua pitada, a oposição então, nem se fala. A gente sabe que nesta hora todo mundo quer dar uma de mais sensato, como se quisesse dizer que jamais cometeria um erro desses, etc. O fato porém é que, se Lula não tem explicação para o que este país está presenciando com as famosas alianças do Presidente, que não venha usar o nome indevidamente daquele que, como disse Bóris Casoy na edição do seu telejornal na band na noite de 22/10, "Jesus foi crucificado justamente por não fazer alianças escusas". Aliás, aqueles que acreditam que Judas era um idealista, candidato a revolucionário, defendem a tese de que Judas traiu Jesus por achar que ele, Jesus, era um fraco por não fazer alianças com grupos rebeldes a fim de liderar um golpe contra o Estado Romano. Bem, não há evidências bíblicas para tal linha de raciocínio, pois todo estudioso da Bíblia sabe que Cristo foi traído por que a Escritura havia preconizado tal fato. Cristo veio para isto, morrer pelos pecados de todos nós.
Já no Jornal da Globo o Comentarista Arnaldo Jabor usou o célebre texto de Mateus 23:25-28 que diz: "Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que limpais o exterior do copo e do prato, mas o interior está cheio de rapina e de iniqüidade. Fariseu cego! limpa primeiro o interior do copo e do prato, para que também o exterior fique limpo. Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia. Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade", e deixou claro que ao invés de fazer alianças escusas, Jesus condenou os hipócritas de sua época e apontou seus pecados denunciando-os à sociedade, o que obviamente, Lula não poderá fazer!
A infeliz declaração de nosso Presidente deixou clara algumas verdades:
A primeira: Nossa política é o que todo brasileiro já sabe, um jogo sujo, onde tudo é possível em nome da perpetuação no poder;
A segunda: Nosso Presidente está aliado aos "Judas". Espere um pouco. Judas foi um traidor. Traiu seu Mestre, traiu seus companheiros, traiu a ideologia do grupo de Jesus, e tudo por trinta moedas de prata! Haviam algumns tipos de moeda de prata nos dias de Jesus:
a) Denário: moeda de prata romana (equivalente a um dia de trabalho, cerca de R$ 15,50), logo, trinta moedas de prata aqui seria R$ 465,00.
b) Dracma: moeda grega de prata, tinha o mesmo valor do denário.
c) Didracma: moeda grega de prata (equivalente a 2 dracmas ou 2 denários, cerca de R$ 31,00), logo, trinta moedas de prata seriam cerca de R$ 930,00.
d) Tetradracma: moeda grega de prata (equivalente a 4 dracmas ou 4 denários, cerca de R$ 62,00), logo, trinta moedas de prata então seriam cerca de R$ 1.860,00
Bem, ainda tinha outros tipo de moeda em circulação nos dias de Jesus. O texto sagrado não nos revela que tipo de moeda recebeu Judas para trair seu Mestre, mas sabemos que, se ele estivesse inserido em nosso atual contexto, ele seria o tipo de traidor comprado por qualquer preço! Então, que foi que o Presidente quiz dizer com sua absurda declaração? Que ele, Lula faz aliança com qualquer mal caráter, que se vende por qualquer preço?
A terceira: Lula não conhece realmente a Bíblia, nada de Jesus e está longe da verdade tão apregoada por Jesus.
Jesus, caro Presidente, foi o ser humano mais extraodinário que a humanidade já conheceu. Suas palavras bateram de frente com a corrupção de seu tempo e com o formalismo religioso dos seus dias. Jesus confrontava os pecados do povo e das autoridades da época e não os escondia. Jesus não se refugiava em falácias. Jesus desafiava quem quisesse achar nele mancha: " Quem dentre vós me convence de PECADO?" João 8:46
Uma coisa é certa, precisamos orar por Lula e pelos parlamentares desta nação, pois nossa liderança política fala muito de Deus, mas está loge dele!
"Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus LÁBIOS, mas o seu coração está longe de mim". Mateus 15:8


21 de out de 2009

CONTO DE UMA VISITA A UM MISSIONÁRIO

Senti a força do vento que, no impacto com a minha mão estendida pela janela do veículo alugado, refrescava meu corpo e me prazerava, levando meus pensamentos a anos antes quando do labor missionário por aquelas bandas. O vento frio era próprio daquela estação; ele trazia o cheiro forte do chão molhado, além de parecer querer anunciar que a sagrada semente do feijão fora lançada no solo fértil, e que seu verde forrava as terras anteriormente aradas por rudes mãos de homens de esperança.
Com a outra mão no volante compartilhava com meu amigo, Missionário Adailton Barbosa e sua esposa Hilda, minha emoção de voltar à região sertaneja das minhas lidas ministeriais. Ah, aquele simples e bom amigo que também vivera experiências iguais, de formas discrepantes, em lugares mais distantes e de importância relevante.
Ríamos com o coração gozozo e imaginávamos a alegria que traríamos a Antonio Almeida, um nobre Ministro do Evangelho, Missionário naquelas redondezas, a quem visitaríamos dali a alguns minutos sob a ordem da Semadesal (Secretaria de Missões da Assembléia de Deus em Salvador).
Como desejei que minha esposa estivesse ali, vivendo comigo a mesma emoção!
Não demorou muito para que avistássemos o Povoado de Mandacarú, encrustado num vale entre a Fazenda Serra Azul e a cidade de Pintadas, próximo ao Município de Baixa Grande, interior baiano.
Surpreendí-me sorrindo a cada volta que dava no humilde lugarejo, por sentir-me em terra conhecida.
Ao parar e buzinar na porta da modesta e antiga casa do Missionário, surgiu com olhar de quem diz: "Ufa! Até que enfim!", a esposa de Antonio Almeida, Missionária Erielina Almeida. Seu sorriso e abraço falava-nos mais que palavras, e num sussuro emocionado deixou escapar:
- Que bom gente! Ah, meu Deus, vocês aqui? Nem acredito! Não encontraram Antonio no caminho não?
Ao responder-nos não, Erielina voltou a falar:
- Ôche, mas ele tá beirando o caminho, esperando vocês! Foi nesta hora que, a pilotar uma velha moto, usando um bem surrado chapéu de palha, e com um sorriso de satisfação estampado no rosto marcado pelas experiências do campo missionário, chega o Missionário Antonio Almeida, que descendo da moto confessa ter-nos visto passar, mas imaginou que não o teríamos reconhecido por causa do seu traje totalmente diferente daqueles que costuma usar nas fotos enviadas para a Semadesal, anexadas ao seu relatório mensal.
Que bom foi ver aquele velho amigo, guerreiro incansável no Reino de Deus! A maneira como nos recebeu, sua emoção denunciada na face e nas palavras de agradecimento, fez-nos pensar na importância daquela visita, daquela atitude da Semadesal de visitar seus Missionários!
Ficamos alguns minutos sentados no sofá da sala construída sem esquadro, de cor escura, manchada pelas marcas da chuva que caíra dias antes, a sorrir e a contar as novidades uns para os outros, enquanto o manto escuro da noite fria cobria o Povoado pouco iluminado de Mandacarú.
Da sala ouvíamos as gargalhadas da Miss. Hilda, esposa do Miss. Adailton, já familiarizada com Erielina e outra irmã, membro da Igreja de Mandacarú.
Foi depois de tomar banho e fazermos uma leve refeição, que fomos ao culto. Foi uma noite especial. Como foi bom sentirmos de novo a maneira calorosa com que este povo nos recebe! Dentro do templo de ornamentações simples e placas que anunciavam nomes de grupos de louvor ou mesmo textos bíblicos aqui e ali, podia se sentir um clima de festa, e uma presença sobrenatural do Espírito Santo!
Após o culto e os cumprimentos na porta da Igreja, chegamos à conclusão que Deus realmente estava usando aquele missionário naquele povoado.
Antes de dormirmos, Antonio Almeida, deu-nos o seu relatório. Falou-nos das conquistas e necessidades e com um sorriso aberto e sotaque nordestino, sempre repetia a frase que já estávamos a decorar: "Gente, como é bom tê-los aqui! Há muito tempo desejava receber este apoio de vocês".
Pela manhã, após o café, em motos emprestadas, fomos conhecer mais três localidades onde o Missionário evangeliza. Estrada difícil, veredas estreitas, cancelas pesadas, obstáculos com os quais Antonio já se habituara, enfrentando-os todos os dias.
À tarde, logo após o almoço, nos despedimos. Ainda tínhamos que visitar mais um campo missionário em Boa Vista do Tupim, no Povoado de Terra Boa, onde nos aguardavam os Missionários Paulo César e Reigina.
Despedimo-nos várias vezes. O desejo de ficar mais, era grande, mas tinha que ser vencido pela responsabilidade da próxima visita.
Entedi que éramos parte importante neste contexto de Missões. Lembrei-me de quando o Evangelho chegou em Samaria através de Felipe, e Pedro e João foram dar apoio àquele novo trabalho, ou, quando Antioquia recebera a Palavra e, para lá, fora enviado Barnabé, que convidou Paulo para que o ajudasse na tarefa de discipular a nova igreja.
O apoio, não só financeiro, mas aquele que chamamos de moral, é parte importantíssima no processo de fazer Missões.

20 de out de 2009

HERESIA NOS ENSINOS DE PAUL C. JONG

"E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane"
Mateus 24:4

"O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos".
Oséias 4:6

O capítulo 24 de Mateus contém o segundo maior sermão de Jesus e no verísiculo 4 Jesus introduz sua mensagem advertindo que, no conteúdo da mesma havia alertas contra falsos ensinos e heresias. Quando ele diz "que ninguém vos engane", ele quer dizer: "observem o que lhes tenho a dizer para que vocês não caiam em alguma armadilha".
Entendamos, portanto, que a falta de observação nos preceitos de Jesus constitui-se em razão suficiente para sermos engodados por "todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente". (Efésios 4:14)
Oséias deixou claro que é justamente esta falta de conhecimento que faz naufragar a fé do povo.
Paul C. Jong em seu Livro Você Verdadeiramente Nasceu de Novo da Água e do Espírito? ensina doutrinas que se desfazem como o pó diante do crivo da Santa Palavra de Deus. São heresias grotescas que só enganam quem realmente despreza a genuína doutrina, como disse Oséias "rejeitaste o conhecimento".
A primeira heresia está no prefácio do livro, pg. 7:
"Jesus foi batizado por João Batista pela 'imposição de mãos' (Levítico 16:21), para que 'pelo ato de justiça de um só homem' (Romanos 5:18) os pecados da humanida fossem tirados".
Refutação:
Paul Jong atribui à imposição de mãos de João Batista (se é que houve tal imposição), o ato de justiça que resultou na salvação da humanidade.
Basta um simples olhar no texto de Romanos para entender que o ato de justiça que salva a humanidade é o sacrifício de Jesus, isto está claro no contexto imediato do texto:
" Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores. Logo muito mais agora, tendo sido justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira. Porque se nós, sendo inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, tendo sido já reconciliados, seremos salvos pela sua vida". Romanos 5:8-10.
Em nenhum lugar da Bíblia afirma que o ato salvador de Deus está na imposição das mãos de João Batista sobre Jesus. Tal afirmativa é tentar invalidar o sacrifício de Jesus, único meio providenciado pelo próprio Deus para a salvação dos homens.
Em seu grotesco ensino Paul Jong prossegue na pg. 8 dizendo que "Jesus cumpriu toda a justiça por nós de uma vez só através de seu batismo de uma maneira justa e apripriada". Para exdrúxula afiramativa recorre ao Antigo Testamento forçando o texto de Levítico 16:21 que em seu contexto mostra que a expiação dos pecados não está no bode emissário e sim no que é sacrificado no templo. Ignora a célebre profecia de Isaías 53:4,5 que diz: " Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Veja, suas feridas, o castigo da cruz foi que resultou em nossa salvação.
O livro de Aos Hebreus tem como cerne do seu discurso o sacrifício de Jesus que resultou em nossa salvação.
Portanto, fiquemos atentos para as doutrinas de demônios pregadas nos últimos tempos (I Tm. 4:1).
O livro de Paul Jong se apresenta como uma nova revelação. Na pg. 10, ele chama sua nova doutrina de "evangelho da água e do Espírito". Na pg. 9 afirma: "Nós podemos ser remidos de todos os nossos pecados crendo apenas no sangue de Jesus? Ele pode nos dar a salvação? Não, nós não podemos ser remidos por Deus crendo apenas na morte de Jesus na Cruz".
Sem discurso ou explicações, analisemos apenas os textos a seguir:
Efésios 2:16 - E pela cruz reconciliar ambos com Deus em um corpo, matando com ela as inimizades.
Colossenses 1:20 - E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus.
Colossenses 2:14 - Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.
Hebreus 9:26 - De outra maneira, necessário lhe fora padecer muitas vezes desde a fundação do mundo. Mas agora na consumação dos séculos uma vez se manifestou, para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo.
Hebreus 10:12 - Mas este, havendo oferecido para sempre um único sacrifício pelos pecados, está assentado à destra de Deus.
Portanto, não é o batismo de Jesus que garante-nos salvação e sim seu sacrifício na cruz. Tentar invalidar isto é tornar-se inimigo da cruz de Cristo! (Fp. 3:18) .

O livro e outras literaturas do autor, distribuídos às vezes gratuitamente, contém esta e muitas outras heresias. Fiquemos atentos!

17 de out de 2009

DIAS MELHORES NÃO VIRÃO!

A Ásia está sendo varrida por tsunamis e terremotos, a crise econômica que começou nos Estados Unidos e desencadeou uma série de falências de conglomerados econômicos, ainda sobrevive de forma sutil e perigosa. O Brasil também tem sido notícia internacional quando o assunto é terremotos e outros cataclismos, algo de se preocupar, pois todos se sentem seguros no Brasil. O panorama mundial é preocupante, ninguém está seguro em lugar nenhum. "Sabe, porém, isto: que nos ÚLTIMOS DIAS sobrevirão tempos trabalhosos", vaticinou Paulo quando escrevia a seu filho na fé Timóteo (II Tm. 3:1).
A previsão bíblica para este tempo é que DIAS MELHORES NÃO VIRÃO! Estamos na verdade vivendo dias preditos por Jesus Cristo. "Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares" Este famoso texto de Mateus 24:7 não é mais levado em conta, apesar de seu cumprimento ecoar como um alerta para esta geração!
As lideranças cristãs que deveriam alardear esta verdade, esconde-se por trás de uma mensagem que massageia o ego dos incautos conduzindo-os ao caminho escuro de uma teologia corrompida que que os lança num infame revés.
A Igreja está assistindo do camarote de sua confortável vida cristã, o grito das nações, o desespero dos povos; cada grito, cada desespero, cada ataque terrorista, cada tsunami, cada terremoto, catástrofe, desastre é como se o mundo estivesse dizendo: "está chegando a hora"!
Enquanto subimos em nossos púlpitos e pregamos: "você vai vencer", a Bíblia diz: "Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e SEREIS ODIADOS de todas as nações por causa do meu nome". (Mateus 24:9)
Porém, pregar tal verdade é ser considerado profeta do caos, pregador sem habilidade para o público hodierno.
Amados, é hora de despertar! De pregar a verdade!



2 de out de 2009

ELEIÇÃO HISTÓRICA NA CEADEB

Eleição é todo processo pelo qual um grupo designa um de seus integrantes para ocupar um cargo por meio de votação. Na democracia representativa, é o processo que consiste na escolha de determinados indivíduos para exercerem o poder soberano, concedido pelo povo através do voto, devendo estes, assim, exercerem o papel de representantes da nação ou instituição. A eleição pode se processar com o voto de toda a comunidade ou de apenas uma parcela da comunidade, os chamados eleitores.
Todo candidato tem o direito legal de elaborar seu projeto de governo ou gestão, e divulgá-lo durante sua campanha. Analisando por uma visão politicamente correta, o candidato deve ter uma ideologia baseada em convicções bem arraizadas, ideologia esta que deve embasar seu discurso. Além disso, os motivos devem ser nobres e despojado de interesses próprios, respeitando o "adversário" político.
Este ano a CEADEB (Convenção Estadual das Assembléias de Deus no estado da Bahia), escolherá uma nova Mesa Diretora através do voto dos Evangelistas e Pastores da instituição.
De um lado Pastor Valdomiro Pereira, Presidente da Assembléia de Deus Camaçari-BA, e atual Presidente da CEADEB.
Casado com Maria de Lourdes Miranda da Silva, pai de Walterley Miranda da Silva, Melquisedeque Miranda da Silva e Valterléia Miranda da Silva.
Foi ordenado a pastor em 29/11/1986 em Salvador-BA. Natural de Senhor do Bonfim-BA em 5/7/1958. (Informações do site oficial da CEADEB)

Do outro Pr. Israel Alves Ferreira, Presidente da Assembléia de Deus em Salvador, 1º Vice Presidente da CEADEB.
Casado com Joilda Ferreira. Nasceu em 21 de março de 1953, na zona rural do Município Ipecaetá, sertão da Bahia, filho dos irmãos Agrário do Carmo e Alcídia Ferreira, fazendo parte de um família de treze irmãos. Em sua cidade fez o curso primário e o colegial em Santo Estevão, Feira de Santana, Bacharel em Ciências Econômicas, pela Universidade de Feira de Santana. Fez diversos cursos de Teologia e um Mestrado em uma universidade na Califórnia. Israel Alves Ferreira, ja exerceu várias atividades no decorrer da sua vida como: camelô, comerciário, bancário, industriário e fiscal de rendas do Estado da Bahia, do qual pediu demissão para se dedicar totalmente a obra do Senhor. Desde os 14 anos ja pregava a Palavra de Deus. Passou por quase todos os cargos da Igreja, tendo sido líder da mocidade, auxiliar, porteiro, diácono, presbítero e evangelista. Foi dirigirente de congregação e vice-presidente da igreja de Feira de Santana. Depois, durante 05 anos, foi pastor em Mata de São João, e em seguida em Ilhéus por 07 anos. Em 01 de agosto de 1981 casou-se com com Joilda da Silva Ferreira em Feira de Santana. Sendo abençoado por Deus com três filhos: Joede, Israel Júnior e Jezreel.
O Pastor Israel Alves Ferreira ja fez parte da Comissão da Década da Colheita, atuou como Secretário da Convenção Estadual, secretário adjunto e Presidente da Década da Colheita. Realizou ainda diversas cruzadas e movimentos evangélisticos em todo o Estado da Bahia (Informações do site oficial da Adesal).
O destino da CEADEB como instituição humana está na sábia decisão que os Ministros ceadebianos farão na AGO deste ano.
Oramos para que, a pliticagem, tão característica de alguns "companheiros", dê lugar ao bom senso e impere a vontade de Deus nesta que será a eleição histórica da CEADEB.

SALVADOR COM CARA GOSPEL



Pr. Israel Alves. Presidente da Assembléia de Deus, a maior denominação pentecostal de Salvador.

Na capital considerada de todos os santos, as religiões evangélicas, que descartam a adoração de imagens, são as únicas que crescem em Salvador, principalmente entre as famílias com renda igual ou inferior a um salário mínimo. O contra-senso aparente é respaldado na comparação entre os censos demográficos de 1970 a 2000, que mostram a quadruplicação nesse segmento. Mesmo com uma defasagem de oito anos dos dados, a pesquisa aponta a força dos evangélicos nas classes de baixa renda e a migração de católicos para as religiões chamadas neopentecostais. No mesmo período, os católicos encolheram 33 pontos percentuais em Salvador, reduzidos de 93,1% para 60,5%.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Biblia Online

O crescimento dos evangélicos só é inferior ao boom da categoria dos sem-religião, que aumentaram a participação na sociedade soteropolitana em quase 15 vezes, saindo de 1,3% para 18,1%. Outro dado surpreendente é a participação dos adeptos de candomblé e umbanda, que não alcançam 0,5% da população. Os estudiosos consideram que esse índice é mascarado pelo sincretismo religioso e pelo patrulhamento histórico contra religiões de matriz africana.

Uma análise da curva mostrada pelos censos de 1970 a 2000 (última contagem oficial, realizada a cada dez anos), feita pelo o engenheiro civil e professor de matemática Rubem Soares, mostra que o censo de 2010 deve apontar quase 600 mil evangélicos em Salvador. “Mantendo-se a tendência, tanto em termos percentuais como absolutos, a perspectiva é de que Salvador tenha 50% de católicos e 19% de evangélicos”, sugere Soares. Com a projeção de três milhões de habitantes em Salvador daqui a dois anos, os números absolutos seriam 1,5 milhão de católicos e 570 mil evangélicos. “Isso me parece muito claro porque as curvas são uniformes”.

Transformações Visíveis

A estimativa não leva em conta aspectos estritamente matemáticos e desconsidera fatores como o impacto da evangelização por meios de comunicação como emissoras de televisão e rádio, além de jornais. Em oito anos, a própria paisagem urbana da capital foi modificada de acordo com a mudança no perfil da fé dos soteropolitanos. A construção de catedrais evangélicas tão imponentes quanto as seculares igrejas católicas é o resultado arquitetônico mais à vista. Além disso, a massificação dos missionários e obreiros e um mercado próprio para atender a este público são apontados como resultados imediatos.

Fonte: gnoticias.com.br


30 de set de 2009

PRINCÍPIOS DE JESUS SOBRE A MISSÃO DE EVANGELIZAR - PARTE 1

"E, CHAMANDO os seus doze discípulos, deu-lhes poder sobre os espíritos imundos, para os expulsarem, e para curarem toda a enfermidade e todo o mal".
Mateus 10:1

Temos ouvido grandes missiólogos e estrategistas em missões sobre o assunto. Homens como Luis Bush, Josué Yrion, Russel Shedd, Davi Botelho, Ronaldo Lindório, além dos sábios conselhos de heróis como: Willian Carey, conhecido como o Pai das Missões Modernas.
Porém, a maior autoridade no assunto, é claro, chama-se Jesus de Nazaré. Lendo sobre seus ensinamentos e suas atitudes em relação a Obra Missionária, entendemos a partir do texto bíblico acima que ele estabelecera princípios fundamentais para a realização de missões:

  1. TREINAMENTO: O texto de Mateus 10 mostra-nos seus seguidores sendo chamados de discípulos e apóstolos (versículos 1 e 2). Discípulo, todos sabemos, é aluno, aquele que está aos pés de seu Mestre para aprender. Já apóstolo, é aquele que foi treinado, preparado e enviado. São dois níveis diferentes: o primeiro é o estágio do aprendizado, o segundo é o estágio do exercício do aprendizado. Jesus treinou seus discípulos antes de enviá-los, deixando implícito que para enviar é necessário treinar. Certa vez disse aos candidatos a discípulos: "Vinde após mim e vos farei pescadores de homens". Veja, "vos farei", isto é, prepararei vocês, treinarei, habilitarei. Os seguidores de Jesus passaram por este estágio do ministério missionário.
  2. AUTORIDADE ESPIRITUAL: Do grego Exousia: autoridade para agir em nome de... É a autoridade para agir em nome de Jesus sobre os diabo e as enfermidades. Segundo os ensinamentos de Jesus este é princípio fundamental para a realização de missões. Não foi por acaso que Ele o disponibilizou para seus discípulos, alertando-os inclusive que, sem esta autoridade, ou poder, não saíssem de Jerusalém.

OS AXIOMAS DA PSICOLOGIA

Como toda a ciência, o fim da psicologia é a descrição, a explicação, a previsão e o controle do desenvolvimento do seu objeto de estudo. (Wikipédia)
Obviamente que este objeto de estudo é o comportamento e os processos mentais dos indivíduos. Para o psicólogo soviético A. R. Luria , um dos fundadores da neuropsicologia, "a psicologia do homem deve ocupar-se da análise das formas complexas de representação da realidade".
Mas o que temos visto nas opiniões dos psicólogos de plantão são afirmativas tão óbvias, que o mais desinformado no assunto em pauta, já saberia! Estribam seus argumentos em verdadeiros axiomas (proposição tão evidente que não precisa ser demonstrada).
Numa reportagem de Thiago Reis no site g1.globo.com, quando perguntada se o celular é indicado ou não a crianças e adolescentes, a professora Andréa Jotta, do Núcleo de Pesquisas da Psicologia em Informática da PUC-SP, respondeu:
"Depende para o quê. O celular é uma ferramenta tecnológica como outra qualquer. O problema é saber se o propósito do uso deles por crianças é apenas o consumo, se a criança vai ganhar o celular apenas para se mostrar para os amigos. Se o celular for utilizado por uma criança que vai ser deixada na natação e vai ter que ligar para a mãe buscar depois, ele já começa a ter mais sentido. Já para crianças abaixo de oito anos, não há motivo. Como elas não saem sozinhas, não têm necessidade de ter um. Senão, ele vai funcionar como um brinquedo.”
Grande descoberta! Precisávamos mesmo consultar a Doutora acima citada para saber deste fato tão óbvio!
A dita psicóloga prossegue em sua "inédita" explicação para o caso de difícil solução: "As crianças são seduzidas por qualquer coisa. Do mesmo jeito que consomem balas, chocolates e outras guloseimas sem limite, elas consumirão tecnologia também sem saber quando parar".
As famílias estão tão despreparadas que precisamos que uma pessoa com formação especializada diga-nos o que já sabemos?
Observe que toda vez que um fato é notícia, principalmente na mídia televisiva, logo os psicólogos de plantão aparecem para estabelecer seus axiomas, tipo:
Se for um crime hediondo, eles explicam: "Este é um sujeito que não consegue conter o lado ruim, blá, blá, blá..." Claro, se ele conseguisse, não teria praticado o tal crime!
Se foi uma mãe que abandonou o filho, dizem: "Ela foi rejeitada na infância..."
Se a seleção brasileira de futebol perder um jogo, bradam do alto de sua sapiência: " Os jogadores estavam com desempenho ruim e a qualidade do seu jogo foi inferior à do adversário..." Oh, grande novidade!
Penso que a psicologia moderna deve formular novas definições baseadas na sociedade contemporânea, ao invés de perpetuar as defendidas ou formuladas na metade do século XIX por Sigmund Freud. Que Freud contribuiu em muito com seus estudos e descobertas, não restam dúvidas. Porém, o contexto da sociedade era o do século XIX. De lá pra cá o homem mudou sua maneira de pensar e agir!
Os livros de psicologia, os pensadores no assunto, não nos dizem nenhuma novidade, a não ser o que foi dito a mais de cem anos atrás.
Por isso, as respostas axiomatizadas, que não respondem aos anseios de uma sociedade desorientada.

28 de set de 2009

REGIS DANESE: CRISTÃO OU APROVEITADOR?


No meio gospel você ouve de tudo! Desde a mais pura verdade até a mais deslavada das mentiras! Tem gente que é especialista em espalhar notícia sem fundamento. De vez em quando você ouve que Pr. Josué Yrion, aquele Missionário gaúcho que prega contra a Disney, morreu metralhado em país comunista. Quantos países comunistas temos mesmo? Hum, vamos ver: China, Cuba, e... É parece que só esses dois! Mas não sabemos a fonte dessas informações, o fato é que elas se espalham com a ajuda daqueles que gostam de emprestar os lábios ao diabo em nome de Deus. Outro dia espalhou-se que Cassiane morrera em acidente automobilístico, e aí umas irmãzinhas aparecem no Círculo de Oração pedindo que "intercedam pela alma da pobre cantora!". Se um cantor secular gravar uma música gospel então, pronto, o cara é evangélico, dizem até que viram a entrevista dele no Programa do Jô.
Pois é, outro dia a internet estava cheia de vídeos e depoimentos de gente que afirma que tem mensagem subliminar na música Faz um Milagre em Mim do Regis Danese. Numa reunião de Pastores que perticipei, um certo obreiro chegou a dizer: "Temos que evitar que esta música do Regis Danese seja cantada em nossos cultos, pois ouço dizer que ele nem crente é! Além do mais, a tal música já caiu até na boca dos pagodeiros." Permitam-me digitar em letras garrafais e em negrito: SANTA INGNORÂNCIA COMPANHEIRO!
Tenho muito a dizer sobre isto, mas primeiro saibamos um pouco de Regis Danese:

Natural de Passos, Minas Gerais, Regis Danese iniciou sua carreira no meio secular, em 1989, integrando a dupla sertaneja Regis & Raí, com a qual lançou um LP pela gravadora BMG Ariola. Mais tarde, em 1991, ele foi convidado por Alexandre Pires para participar do grupo Só Pra Contrariar. Durante cinco anos, Regis destacou-se com suas composições de grande sucesso lançadas pelo grupo, como "Te Amar Sem Medo", "O Samba Não Tem Fronteiras" e "Amor Verdadeiro". Regis compôs também muitos sucessos para outros cantores, como Daniel, Leandro & Leonardo, Gian & Giovani, Cristian & Ralf, Belo, Vavá, Elimar Santos, Alcione entre outros.


Em um certo ano, através de um colega do grupo Só Pra Contrariar, Regis Danese ouviu a Palavra de Deus, convertendo-se ao evangelho. “Ele ficou durante anos no grupo e sempre manteve uma postura diferente da nossa, sem se envolver em nossos erros, mostrando seu caráter de homem de Deus. Certo dia, quando eu passava por um grave problema no meu casamento, ele me falou de Jesus eu acreditei e recebi aquela Palavra”, lembra Regis.

A partir daí o cantor se entregou nas mãos de Deus, passou a servi-lo e teve sua vida e família restaurada. Três anos depois ele iniciou um novo processo na música, e começou a composição do repertório de "O meu Deus é Forte". O CD foi lançado em 2004, de forma independente e começou a fazer sucesso sendo indicado no ano seguinte para o Troféu Talento, nas categorias Melhor Álbum Independente e Cantor Revelação, fazendo com que a gravadora Line Records se interessasse e viesse a distribuir o CD. Nele composições de Regis Danese como a faixa título "O Meu Deus é Forte", "Amor Incondicional", "Entregue Sua Vida" e "Há Uma Chance.

No melhor estilo Louvor & Adoração, o CD foi sucesso antes mesmo do lançamento oficial, com a faixa-título sendo divulgada para todo o Brasil e também exterior através da maior rede de rádios cristãs do Brasil, a Rede Aleluia.
Seu segundo trabalho, foi o CD "O Melhor Que Eu Tenho" com 11 faixas e produção de Wagner Carvalho. Como prova de seu amadurecimento na música gospel, Régis trouxe um trabalho com muitas novidades em comparação ao seu CD anterior. Apresentando baladas e canções no estilo pop, adoração e louvor com pinceladas de pop rock e, ainda as participações de sua esposa, Kelly Danese,seu filho, Brunno Danese e o Coral Infantil de Uberlândia, Minas Gerais.

O CD começa com a faixa-título, "O Melhor Que Eu Tenho" que traz uma mensagem bem direta sobre dízimos e ofertas. A canção é um dos destaques deste trabalho e teve excelente repercussão junto às emissoras de rádio. A segunda faixa traz uma regravação da canção "Alfa e Ômega" em novos arranjos. Em "É Tempo de Colher", Régis apresenta o melhor estilo “australiano” de louvor congregacional com referências de pop rock com folk.

A quarta música é direcionada ao relacionamento entre pais e filhos e demonstra a necessidade de tornarmo-nos como crianças para entender o amor do Pai. Nela encontramos as participações do filho do cantor e do Coral Infantil de Uberlândia. Com grande influência da nova música sertaneja com baladas e refrões de fácil assimilação, Danese nos presenteia com a faixa "Eu Creio Nos Planos de Deus", que também foi sucesso nas rádios.
Em "Me Ensina a Te Adorar", Régis segue surpreendendo com arranjos pop, muitas guitarras, violões e letra marcante como no refrão " ... meu Rei desperta-me do sono, abre os meus olhos para eu poder te enxergar ..." . É impossível ouvir sem ser contagiado por esta letra e sonoridade.

Em sua produção, "O Melhor Que Eu Tenho" reúne muitas canções de forte apelo e grande qualidade sendo um álbum bastante aceito pelo público. No estilo congregacional nos deparamos com "Deus Tem Promessa" e "Intimidade", respectivamente as faixas 7 e 8 da bolacha.
A canção "Eu Quero Cem Vezes Mais" conta com a participação de Kelly Danese e apresenta nuances da música country como violões e ritmo bem marcado. A décima faixa, "Seu Cuidado Sobre Mim" é um hino de adoração firmando o compromisso do cantor de manter-se fiel ao seu propósito com Deus. O CD chega ao fim com mais uma canção de louvor, "Como é Bom Te Adorar" e reafirma o prazer do intérprete em adorar a Deus em todo tempo.
Essa história está em seu site http://www.regisdanese.com.br/biografia.html, e ao lê-la entedi porque a canção "Faz um Milagre em Mim" está sendo cantada por vários artistas da mídia secular. Bem antes de sua conversão, o cantor já tinha bom relacionamento com artistas como Alexandre Pires, já era conhecido do mundo artístico e da música popular.
O fato é que a música mais conhecida por "Entra na minha casa" é a canção gospel mais cantada por pessoas não evangélicas dos últimos anos. Nem aquela dos anjos subindo e descendo que Eliseu Gomes permitiu Padre Marcelo Rossi cantar, fez tanto sucesso na mídia secular!
Por favor, permitam-me uma simples observação: Se o mundo canta músicas profanas e indecentes, gritamos: "Viu aí? Música satânica!" Se cantam música sacra, esbravejamos: "Misericórdia, se o mundo canta eu não canto, banalizou!" Outros saem espalhando: "O cara é aproveitador, quer ganhar dinheiro com a música gospel".
Fazemos tudo isto sem conhecer a pessoa e sua verdadeira história.
Bem, a cd citado na matéria acima, o mesmo que tem "Entra na minha Casa", "Primícias", etc., na minha opinião é o melhor que já ouvi este ano. As letras tem a marca de alguém que a escreveu inspirado por Deus, aliás, as outras músicas do cd não são muito conhecidas ou cantadas, tal o sucesso da "Entra na minha casa!".
Agora, deixem-me ouvir Primícias no meu cd original de Rgis Danese, porque pirataria, isso sim é pecado!