22 de out de 2009

MAIS UMA INFELIZ DECLARAÇÃO DE LULA!

Enquanto que Fernando Henrique, quando Presidente da República, toda vez que se pronunciava, a nação tinha que recorrer ao dicionário, ou então emudecer diante de sua retórica seja em encontros no Brasil ou no exterior, e olha que era difícil ele precisar de um tradutor lá fora, Lula nos preocupa toda vez que resolve explicar sua embaraçosa aliança com os tais "opositores".
Segundo a Folha Online esta teria sido a infeliz frase da maior autoridade desta nação:
"Se Jesus Cristo viesse para cá, e Judas tivesse a votação num partido qualquer, Jesus teria de chamar Judas para fazer coalizão".
Obviamente que a exdrúxula comparação de Lula, ganhou repercussão internacional. A Igreja Católica logo deu sua pitada, a oposição então, nem se fala. A gente sabe que nesta hora todo mundo quer dar uma de mais sensato, como se quisesse dizer que jamais cometeria um erro desses, etc. O fato porém é que, se Lula não tem explicação para o que este país está presenciando com as famosas alianças do Presidente, que não venha usar o nome indevidamente daquele que, como disse Bóris Casoy na edição do seu telejornal na band na noite de 22/10, "Jesus foi crucificado justamente por não fazer alianças escusas". Aliás, aqueles que acreditam que Judas era um idealista, candidato a revolucionário, defendem a tese de que Judas traiu Jesus por achar que ele, Jesus, era um fraco por não fazer alianças com grupos rebeldes a fim de liderar um golpe contra o Estado Romano. Bem, não há evidências bíblicas para tal linha de raciocínio, pois todo estudioso da Bíblia sabe que Cristo foi traído por que a Escritura havia preconizado tal fato. Cristo veio para isto, morrer pelos pecados de todos nós.
Já no Jornal da Globo o Comentarista Arnaldo Jabor usou o célebre texto de Mateus 23:25-28 que diz: "Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que limpais o exterior do copo e do prato, mas o interior está cheio de rapina e de iniqüidade. Fariseu cego! limpa primeiro o interior do copo e do prato, para que também o exterior fique limpo. Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia. Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade", e deixou claro que ao invés de fazer alianças escusas, Jesus condenou os hipócritas de sua época e apontou seus pecados denunciando-os à sociedade, o que obviamente, Lula não poderá fazer!
A infeliz declaração de nosso Presidente deixou clara algumas verdades:
A primeira: Nossa política é o que todo brasileiro já sabe, um jogo sujo, onde tudo é possível em nome da perpetuação no poder;
A segunda: Nosso Presidente está aliado aos "Judas". Espere um pouco. Judas foi um traidor. Traiu seu Mestre, traiu seus companheiros, traiu a ideologia do grupo de Jesus, e tudo por trinta moedas de prata! Haviam algumns tipos de moeda de prata nos dias de Jesus:
a) Denário: moeda de prata romana (equivalente a um dia de trabalho, cerca de R$ 15,50), logo, trinta moedas de prata aqui seria R$ 465,00.
b) Dracma: moeda grega de prata, tinha o mesmo valor do denário.
c) Didracma: moeda grega de prata (equivalente a 2 dracmas ou 2 denários, cerca de R$ 31,00), logo, trinta moedas de prata seriam cerca de R$ 930,00.
d) Tetradracma: moeda grega de prata (equivalente a 4 dracmas ou 4 denários, cerca de R$ 62,00), logo, trinta moedas de prata então seriam cerca de R$ 1.860,00
Bem, ainda tinha outros tipo de moeda em circulação nos dias de Jesus. O texto sagrado não nos revela que tipo de moeda recebeu Judas para trair seu Mestre, mas sabemos que, se ele estivesse inserido em nosso atual contexto, ele seria o tipo de traidor comprado por qualquer preço! Então, que foi que o Presidente quiz dizer com sua absurda declaração? Que ele, Lula faz aliança com qualquer mal caráter, que se vende por qualquer preço?
A terceira: Lula não conhece realmente a Bíblia, nada de Jesus e está longe da verdade tão apregoada por Jesus.
Jesus, caro Presidente, foi o ser humano mais extraodinário que a humanidade já conheceu. Suas palavras bateram de frente com a corrupção de seu tempo e com o formalismo religioso dos seus dias. Jesus confrontava os pecados do povo e das autoridades da época e não os escondia. Jesus não se refugiava em falácias. Jesus desafiava quem quisesse achar nele mancha: " Quem dentre vós me convence de PECADO?" João 8:46
Uma coisa é certa, precisamos orar por Lula e pelos parlamentares desta nação, pois nossa liderança política fala muito de Deus, mas está loge dele!
"Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus LÁBIOS, mas o seu coração está longe de mim". Mateus 15:8


Nenhum comentário: