29 de jun de 2010

A ESTRELA VOLTOU A BRILHAR

Em sua matéria "Robinho joga o suficiente para fazer história contra o Chile", Márcio Lannacca, no site http://globoesporte.globo.com, disse o seguinte: "Os primeiros 45 minutos de Robinho contra o Chile foram apagados. Com pouca movimentação, o atacante raramente tocou na bola e ficou isolado pelo lado esquerdo. Seu brilho apareceu pela primeira vez somente no fim do primeiro tempo, quando participou do lance que deu origem ao segundo gol, marcado por Luis Fabiano."
E daí por diante se percebeu que Robinho cresceu e finalmente (ufa!) saiu o gol e ajoelhou-se no campo e, eu, dando uma de especialista em leitura labial do Fantástico, percebi que ele disse: "Glória a Deus!". Procurei hoje na internet esta imagem e não achei; claro, não é interessante para a mídia divulgar a imagem de um ato de adoração em plena copa do mundo!
Mas, o fato é que, a estrela voltou a brilhar! O jogo de ontem contra o Chile deixou-nos algo claro: a presença de Robinho e Kaká definiu o jogo. Surgiu ontem uma equipe mais agressiva que aquela contra Portugal, que intimidou a equipe adversária a partir da segunda metade do primeiro tempo e mostrou que não estava disposta a voltar pra casa.
Robinho não fez pedaladas, não que eu visse, mas jogou com maturidade e responsabilidade, aproveitou as oportunidades, seu gesto de ajoelhar-se no campo denunciou que fazer o gol era seu objetivo, um objetivo que vinha se perdendo, mas enfim, gol.
Lembrei-me de Paulo. Em Atos 9:26-30, ele tenta manter contato com os seguidores de Jesus, Barnabé o apresenta aos líderes da igreja da época, pregava entre os gregos, se empenhava. Mas ele tinha dois problemas: primeiro, os discípulos não acreditavam em sua conversão e, segundo os gregos queriam matá-lo. A Igreja então o enviou para Tarso. Estudiosos dizem que ele deve ter ficado por lá uns dez anos. Dez anos! O pregador promissor apagou-se, quem se lembarava dele? Se o Livro de Atos terminasse no capítulo nove, entenderíamos que estrela de Paulo apagara-se ali também!
Mas no capítulo 11:25, Barnabé lembrou-se que o jovem Saulo seria últil numa igreja de muitos gentios. A estrela volta a brilhar novamente. Era a oportunidade de Paulo sair do banco de reservas, colocar suas "chuteiras", aquecer-se e voltar a jogar a bola do evangelho, de fazer gol contra o inimigo de nossas almas.
Como o primeiro gol de Robinho lhe inspirou a ousar jogadas mais agressivas, aquele trabalho desenvolvido por Paulo em companhia de Barnabé em Antioquia, lhe inspirou a proseguir a ponto de aventurar-se em três viagens missionárias que mudaram a história do Cristianismo!
Não deixe o brilho de tua estrela apagar-se. É normal termos em nossa vida momentos de enfraquecimento das forças, momentos que parecem que nossa estrela não vai mais brilhar. Mas não esqueça: ela está lá dentro, só esperando você entrar em campo, esperando que você abrace com avidez a oportunidade que surge diante de você.

26 de jun de 2010

A BÍBLIA SAGRADA SEGUNDO ALGUNS CONFERENCISTAS


"Um dia, chegaram para João Batista e disseram:
- João meu filho, tem um camarada em Gadara que bota pra quebrar, ninguém consegue segurá-lo. Você que prega com autoridade, que é profeta, vai lá João, expulsa aquele demônio!
João então disse:
- Neca de pitiriba meu filho, meu negócio é tchacabum na água do Jordão e acabou. Não vou lá não!
Quando o demônio que estava no gadareno soube do medo de João Batista, zombou dele e se sentiu vitorioso.
Tempos depois, Jesus estava no seu barco com os discípulos e um deles começou a contar acerca daquela conversa de João e como ele havia rejeitado a oportunidade de expulsar o demônio do gadareno e a maneira como o demônio fez pouco caso de João Batista. Imediatamente Jesus disse:
-O quê? Aquele derrotado zombou do meu amigo João? Ninguém zomba dos meus amigos, vira pra Gadara, é hoje que esse demônio de meia tigela vai saber que não se faz pouco caso dos meus amigos!"
E a história continua sendo contada em um certo púlpito de um certo Congresso, enquanto o povão vai ao delírio como se tivesse lido a ridícula história nas sagradas páginas da inerrante Palavra de Deus, e os "obreiros" no mesmo púlpito erguem os punhos em seus paletós símbolo de seu sacerdócio e, para alguns deles, até de sua santidade.
Lá estava eu de cara amarrada, sendo interpretado como frio e carnal, pois o dito Conferencista dizia inúmeras vezes olhando sutilmente em minha direção: "Tem crente que não adianta irmão, pode chuver o que for do céu, é 'rúim' ele dá glória a Deus".
Nesta hora entendi e pensei: "acertei ele, começou a esperniar, foi alvejado". Sim, esse tipo de comentário para mim é a prova cabal que o conferencistasinho entendeu que ali tem gente coerente, estribada na Palavra de Deus, mas como ele sabe que a maioria não o é, ele se aproveita para dar uma de vitorioso em seu discurso infundado e sem graça (de Deus).
São tantas as histórias absurdas contadas por este Brasil afora que daria para se escrever uma outra bíblia, A BÍBLIA SAGRADA SEGUNDO ALGUNS CONFERENCISTAS. Sugiro que, aquele que se habilitasse para publicar a tal bíblia, desse a cada livro dela, se coragem tiver e estiver pronto para responder a processos, o nome do dito conferencista que a inventou, e que cada capítulo de seu livro fosse o registro de uma dessas descabidas histórias. Do jeito que as coisas estão caminhando, não duvido nada se alguns crentes não começariam a comprá-la e seguí-la ao invés da Santa Bíblia, aliás, quem dá glórias a Deus por uma dessas medíocres histórias não conhece a Bíblia Sagrada mesmo. Bem, se não conhece, obviamente não segue, então este sujeito não terá dificuldade em aceitar e seguir A BÍBLIA SAGRADA SEGUNDO ALGUNS CONFERENCISTAS.

CRIANDO HERÓIS

Sem Kaká, Elano e Robinho, o jogo da seleção canarinho contra Portugal não teve gols, mas fez brilhar outra estrela, a de Lúcio. A ausencia do atacante galã, que só fez boas jogadas no jogo contra a Costa do Marfim, forçou Lúcio a improvisar, ousar, invadir, salvar seu time de uma derrota vaticinada durante o jogo, não fosse sua audácia.
Do lado adversário, o jogador que ostenta o título de melhor do mundo e que teve seu melhor desempenho neste jogo, sendo considerado por alguns como o herói da partida no lado português. O cara que, segundo O Globo. com, ao ser indagado se era o melhor jogador do mundo, respondeu: "sou o primeiro, o segundo e o terceiro". Presunção e vaidade é o que não falta nele, bem diferente da maioria dos jogadores brasileiros que já tiveram seus nomes como os melhores do mundo, mas não me lembro de um deles ter dito tamanha imbecilidade!
Mas nós tínhamos Lúcio, correndo, desempenhando seu papel e o de outros jogadores importantes para aquela partida, mas que não estavam lá. Kaká, estava suspenso, Robinho estava sendo poupado, vá entender, sendo poupado num jogo contra uma seleção que tinha dado sete gols numa outra contra quem só fizemos dois, Coreia do Norte. Sim, a Coreia do Norte, uma seleção que foi aprender futebol em uma faculdade de outro país que também não é considerado tradição no referido esporte! Mas fazer o quê? Dunga, (quer dizer, acho que ele é o Zangado disfarçado de Dunga, mas tudo bem, é seu temperamento!) decidiu que Robinho não ia jogar e aí fez aparecer o talento e a capacidade de Lúcio de evitar o gol por parte de Portugal e tentar um placar favorável para o Brasil. Por duas vezes, se não me engano, vi o Lúcio tomar a bola dos pés de Cristiano Ronaldo quando este já estava prestes a marcar o gol para a seleção portuguesa.
Lembro-me que nas guerras do Antigo Testamento, o rei sempre saía nas batalhas e voltava como herói. Saul era considerado um herói, Davi nem se fala. Um dia, quando Israel estava sitiado pelos Filisteus, a Bíblia diz (I Samuel 14) que Saul, o rei, o herói, estava debaixo de uma romeira, "no banco de reservas" da vida, enquanto Jonatas seu filho, combinou com seu escudeiro fazer um estrago no arraial dos filisteus. O texto do primeiro livro de Samuel capítulo 14 diz que os sentinelas de Saul, ao olhar, perceberam um movimento onde a batalha solitária de Jonatas e seu escudeiro acontecia, viam os filisteus se derreterem e fugindo "para lá e para cá". O resultado foi a queda de vinte homens entre os filisteus! Jonatas não era o herói de seu povo, mas era um de seus guerreiros. A derrota imposta aos inimigos de Israel naquele dia, foi creditada a Israel e seu Líder, mas um herói foi criado naquela batalha solitária.
As vezes é necessário entendermos que a existencia de heróis, não nos impossibilita de criar nossa história, de fazer nossa parte, de salvar nosso time, nossa igreja, nosso povo, nossa nação. Somos uma seleção rumo a um destino, rumo aos céus, onde a coroa da vitória espera pelos ousados, pelos que arriscam independentemente de seus nomes serem conhecidos ou não. Que tomam a bola da mão do adversário, neutralizando suas investidas contra nós, não deixando-o fazer gol contra nossa família, ministério, igreja, etc. Não importa se nunca me fizeram de a estrela deste time, todavia sou um de seus jogadores, já vesti a camisa do evangelho, já calcei minha chuteira "com a preparação do evangelho da paz" (Ef. 6:15), já estou em campo.
Deus está criando seus heróis nas jogadas da vida. Você é um deles!



21 de jun de 2010

UM HERÓI SEM ESTRELISMO

Duas estrelas do futebol em campo no jogo do Brasil contra a Costa do Marfim: Robinho, sem pedaladas e jogadas não muito decisivas e Kaká, que se esforçou, jogou mais do que no jogo contra a Coréia do Norte, mas demonstrou um comportamento não muito seu. Revoltado talvez com a atuação apática do Árbitro, que demonstrou falta de autoridade contra as atrocidades da perdida seleção do Costa do Marfim, Kaká gesticulou, empurrou, segundo repórteres globais: xingou, e terminou expulso!
Isso sem falar de Maicon, o pupilo de Galvão, o menino que, tudo indica, Galvão quer forçar a barra e nos fazer acreditar que é o "tal", o sucessor do seu RRRRRonaaaaldooo.
Mas o herói mesmo foi um cara cujos holofotes globais se acendem com menos intensidade. Criticado e tido por muitos como um dos que o teimoso Dunga não deveria ter convocado, Luis Fabiano, se continuar como vai, poderá ser um forte candidato a artilheiro da Copa.
Isto me faz lembrar uma das grandes lições da Bíblia, uma máxima que norteia a Escritura: os grandes heróis, são os pequenos! Não estão nos palácios nem pertencem aos grandes colegiados, suas famílias são as mais humildes, seus nomes não são conhecidos muito menos propagados. Porém, quando são instrumentos de livramento e se tornam heróis do povo, todos passam a reconhecer seu valor. Ninguém pode negar que sua atuação foi decisiva em momentos de crise.
A copa do mundo nos proporciona lições como esta: O herói, pode ser quem menos se espera.
Que Luises Fabianos surjam nesta nação. Surjam na política, na educação e principalmente nas igrejas genuinamente comprometidas com o Reino de Deus.

19 de jun de 2010

Igreja Assembléia de Deus tem crescimento mundial de 1,6 milhões de membros

Não é de admirar que o inimigo de nossas almas tenha investido tão ferrenhamente contra esta denominação.


As Assembleias de Deus nos Estados Unidos e ao redor do mundo estão em crescimento. De acordo com Sherri Doty, o estatístico para as Assembléias de Deus, o número de adeptos nos Estados Unidos aumentou quase 15 mil pessoas em 2009, totalizando 2.914.669 – um aumento de 0,5%.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Mundialmente, o número de adeptos das ADs aumentou 2,5%, um ganho de cerca de 1,6 milhão de pessoas, e atingiu um total de 63.090.251.

O Superintendente Geral das ADs nos Estado Unidos, Dr. George O. Wood, afirmou que, embora o sobressalto de 0,5% não tenha sido tão alto, ele está feliz porque em 2010, 133 novas igrejas já foram plantadas, e até o final do ano ele acredita que esse número deva chegar a 300.

Wood disse ainda que as Assembléias de Deus estão trabalhando para o plantio de pelo menos 500 novas igrejas por ano. “Plantar novas igrejas tem sido provado ser o melhor caminho para levar pessoas para Cristo. Há um entusiasmo para uma nova Igreja, as pessoas são atraídas para ela. A Church Multiplication Network trabalha duro para ajudar a tornar a plantação de novas igrejas mais fácil”, disse Wood.

Em outras áreas da estatística, nas Assembleias de Deus nos EUA, foi registrado um crescimento na adesão oficial de membros de 47.928 (2,9%), chegando a 1.710.560; e um aumento na frequência nos principais cultos de 27.315 (1,5%), o que totaliza 1.827.302 pessoas.

Fonte: CPADNews / Gospel+

http://noticias.gospelmais.com.br/igreja-assembleia-de-deus-tem-crescimento-mundial-de-16-milhoes-de-membros.html

18 de jun de 2010

CEADEB, ADESAL E MISSÕES.



Neste vídeo, Pr. Felipe Carvalho, Secretário Executivo da Semadesal (Secretaria de Missões da Adesal), repudia a atitude de pessoas que semeiam o terror entre os missionários, divulgando notícias que em nada contribui para a vida ou a obra do missionário e solicita que os Coordenadores e Secretários de Missões continuem lutando pela obra Missionária, independente de ser da Adesal ou Ceadeb.

17 de jun de 2010

Conversão do Ator Stephen Baldwin

Ele é irmão do famoso ator Alec Baldwin e é conhecido pelo seu papel em "Os Suspeitos Habituais" e, mais recentemente, em "Aprendiz de Celebridade" na NBC. Mas Stephen Baldwin crê que o seu papel mais importante na vida agora é como Cristão nascido de novo e ele diz que pretende alcançar Hollywood para Jesus Cristo.

Ele converteu-se a Cristo pouco depois dos atentados de 11 de Setembro de 2001. Uma crente Brasileira chamada Augusta, contratada para cuidar da sua casa quando a sua esposa engravidou, impressionou-os com os cânticos bíblicos que entoava enquanto trabalhava, contribuindo decididamente para a sua conversão. A primeira a converter-se foi a sua mulher, Kenya, também brasileira.

Em 2006 ele disse ao cantor Bono Vox, líder do U2, que deveria pregar Cristo em vez de fazer campanhas beneficentes mundo afora. Baldwin acredita que a cura do mundo está apenas nos ensinamentos de Jesus Cristo. "Tu farias muito mais se pregasse a Palavra de Jesus em vez de tentar livrar as pessoas das dívidas do Terceiro Mundo", disse o ator, referindo-se diretamente a Bono.

Numa entrevista sobre a agenda da sua vida ele falou do seu veículo móvel evangelístico chamado The Lord"s Lounge (A antecâmara do Senhor), que Ele usa para espalhar o Evangelho aos jovens da América. Baldwin explicou: "A antecâmara do Senhor é uma antecâmara móvel que nós usamos para diversão das crianças. É uma idéia em que se cria uma atmosfera engraçada para entreter as crianças e falar-lhes de Jesus".

Baldwin depois falou de como tem estado usado esportes radicais para atrair jovens aos festivais evangelísticos patrocinados pela Associação Evangelística Luis Palau. "Nós usamos os esportes radicais como ponte para comunicar o Evangelho e tentar falar aos jovens sobre Deus e a Bíblia - algo que tem sido frutífero nos últimos anos", disse ele.

Fonte: http://www.elnet.com.br/canais_intern... e http://www.youtube.com/user/Raxy33
Assita ao vídeo http://www.youtube.com/watch?v=gGpM0BU8NNE

MALDITO FALSO PERFIL

Minha mãe sempre diz isso: a vida é uma escola! Todos os dias aprendemos, todos os dias as matérias da vida parece nos cercar para ensinar-nos alguma coisa, nós é que não percebemos, porque estamos no alto de nossa sabedoria e experiência, este comportamento cega-nos para a riqueza de aprendizados da vida!
Estou aprendendo nestes últimos dias que os homens não reconhecem seus erros, não voltam atrás, criam perfis falsos de si mesmos, é, assim como aqueles perfis criados nos orkuts e blogs para dizer algo que não teem coragem de falar por sua própria identidade! Gente que se esconde de si mesmo, pois sabe o monstro que é, por isso escolhe um nome fictício. Entende? Quem disse aquilo que ele tem medo que as pessoas saibam que foi ele quem disse, não foi ele, foi o falso perfil.
Ah, falsa ilusão, ah hipocrisia, doença que deforma o caráter de gente que poderia ser benção!
Pelo Falso Perfil, cria-se um Personagem, o outro eu, ele manifesta meus desabafos, não só desabafos, minhas deformidades de caráter. Com, ele o indivíduo doente pode dizer o que pensa sem ser identificado (até que um esperto não identifique seu IP), sem sofrer ofensas ou retaliações. Com o falso Perfil, fala-se mal até dos amigos e irmãos, ofende-os e difama-os, enquanto os abraça na igreja, na hora da falsa comunhão.
O Falso Perfil não tem amigos, não se importa com o outro, é inconsequente, atira para todos os lados, usa de factóides, diviniza sofismas, tenta tornar verdadeiro, o falso.

10 de jun de 2010

NASCE A CONFRAMADEB

Os Pastores da Adesal decidiram em reunião nesta segunda-feira, 07/06, fundar a CONFRAMADEB (Convenção Fraternal de Ministros das Assembléias de Deus no estado da Bahia). A decisão, com mais de 90% de aprovação dos presentes, dará um novo rumo à história da Assembléia de Deus em Salvador, presidida a 13 anos pelo Pr. Israel Alves Ferreira. Durante o debate vários Pastores se manifestaram, entre eles, Pr. Carlos Tolentino, Superintendente do Setor 12 - Tancredo Neves, que disse que "o momento deve ser de unidade". Para o Pastor Tolentino, que em reuniões passadas defendeu antes de tudo o diálogo entre Adesal e CEADEB, o que importa é a decisão da maioria e que, para isto, estava pronto a apoiar a Diretoria da Igreja. O motivo da decisão, foi a falta de diálogo entre a Diretoria da Adesal e a Diretoria da CEADEB (Convenção Estadual das Assembléias de Deus nos Estado da Bahia); no centro das discussões está o famoso Fundo Convencional, encargo que a Adesal alega não ter condições de cumprir. Segundo Pr. Israel, o que se paga à CEADEB deixa uma lacuna nos cofres da Adesal, já sobrecarregada com inúmeros tributos. O maior desafio da instituição atualmente é a construção do Templo Sede localizado na Av. Paralela. Segundo a Diretoria da Adesal, este empreendimento poderia estar em fase mais adiantada se não tivesse que pagar tão caro à CEADEB.
A decisão foi levada aos Corpo de Cooperadores da Igreja em Salvador que lotou o Templo da Liberdade na terça-feira, 08/06. Centenas de obreiros ouviram o Presidente da Adesal e tiveram oportunidade de questioná-lo através de perguntas que foram feitas no final da exposição do Pastor. Questionado se a CEADEB teria oportunidade de expor sua versão dos fatos, o Pr. Israel disse que não tem poder para convocar o Presidente da Convenção e que cada membro poderia comparecer à sede da CEADEB no Jardim Baiano e ouvir o Pr. Valdomiro Pereira, Presidente do órgão.
A reunião foi dirigida num clima de reverência e diálogo aberto entre Presidente da Igreja e seus membros. Ao final os Pastores e membros da Igreja oraram pelo Pr. Israel que solicitou que não parassem de interceder por ele, sua família e os líderes.

3 de jun de 2010

A VERDADE SOBRE ADESAL E CEADEB

Sem querer citar estatuto com artigos, parágrafos, blá, blá, blá..., o fato é que obedecendo aos dispostos do estatuto da Ceadeb, a Adesal, bem como todos os campos ligados ao citado órgão, tem que pagar-lhe 5% de sua renda bruta para garantir o sustento de Pastores jubilados, viúvas de Ministros, e, claro, garantir também a sobrevivência da instituição. Todavia, a Adesal alega que, segundo acordo estatutário, este percentual deveria diminuir, para, atualmente, 3%. A falta do cumprimento do tal dispositivo, tem sido argumentado pela Adesal, como um dos motivos para sua impossibilidade de pagamento. A Adesal está construindo seu templo central, que está avaliado em milhões de reais, suas obrigações tributárias, originadas em seu modelo administrativo, além de tantas outras obrigações financeiras, são hoje, um peso para a Igreja de Salvador.
A falta de diálogo aberto entre CEADEB e ADESAL, a preferência pela artuculação politiqueira, ao invés de política, trouxe-nos à situação em que nos encontramos hoje.
Um clima tenso de argumentos e discussões que até o momento não nos conduziu a lugar nenhum, passando pelo processo das eleições do ano passado, se tornou o cenário apropriado para homens inescrupulosos que se dizem amigos do Presidente da Ceadeb e amigos do Presidente da Adesal, instalarem regime de intolerância, ataques à honra e à dignidade de ambos os Presidentes. Para tais fins nefastos, se utilizaram de cartas, emails, blogs, etc., com o objetivo de separar, minar, destruir.
Pr. Israel, Presidente da Adesal, vem se sentindo desmoralizado em toda Bahia. A mesa diretora da CEADEB, segundo, Pr. Israel, nunca tratou do assunto de maneira ética. Entendendo que a CEADEB, é uma associação de Pastores e não de Igrejas, e este entendimento vem antes do esclarecimento do Pr. Silas Malafaia, é que, o Pr. Israel reuniu seus ministros em Salvador, ponderou os últimos acontecimentos e chegou à conclusão que o desligamento por parte dos ministros da Adesal da CEADEB, era o caminho mais coerente no momento. Isto, todavia, não significa, o desvinculamento fraternal e o não cumprimento de suas obrigações financeiras com a Convenção.
Porém, a Ceadeb, através de comissão instaurada numa AGE, do dia 1º de Junho em Feira de Santana, apresentou propostas que fez com que nosso Presidente pedisse um prazo até segunda-feira, 7/06, para dar resposta, enquanto seus ministros oram e jejuam em favor da problemática.
Lembrando que este problema não diz respeito à Igreja, mas aos seus ministros que devem cuidar de sua saúde espiritual através do ensino da Palavra.
Portanto, todos os membros da Adesal estejam certos de que nosso Presidente não quer dividir a Igreja como alguns estão dizendo, apenas desligar-se da CEADEB, que é apenas uma associação de ministros das Assembléias de Deus na Bahia. A Assembléia de Deus em Salvador continua sendo a mesma e cada membro é convocado a manter e fomentar sua unidade.

1 de jun de 2010

80, 100 ANOS, CEADEB, ADESAL E UM CISMA!

Esta é a foto do jovem Gunar Vingren, um sueco movido pela chama do Espírito Santo acesa em seu coração quando estudava nos Estados Unidos por volta de 1905. Foi impactado pela mensagem do Pentecoste pregada por um filho de ex-escravos chamado William Joseph Seymour, que dirigia reuniões de oração em Los Angeles na Rua Bonnie Brae e que teve de se mudar (devido ao lugar não suportar mais o número de pessoas nas reuniões) para a Rua Azuza nº 312, lugar que ficou conhecido como o início do avivamento moderno. Gunar, movido por uma chamada que lhe apontava Belém do Pará, Brasil, chegou em terras tupiniquins em 1910, e em 1911, ao lado de seu amigo, o pedreiro Daniel Berg, lançou aqui, os fundamentos daquela que é conhecida hoje como a maior Igreja Pentecostal do mundo e líder do maior movimento pentecostal do século XX, a Assembléia de Deus. Sua história, desde a chamada até sua morte, passando por momentos perseguições, doenças, lágrimas, solidão, é contada no livro "O Diário do Pioneiro", publicado pela CPAD. Mais tarde, 1930, é a vez da Bahia receber a mensagem pentecostal do evangelho, pelo Miss. Otto Nelson. O jovem sueco, conhecido por sua mansidão e jeito pacífico, jamais imaginaria que seu trabalho daria tantos frutos, a ponto de se tornar a maior denominação protestante do Brasil! Ano que vem, comemoraremos 100 anos de Assembléia de Deus e de movimento pentecostal no Brasil, e , neste ano, comemoramos 80 anos de Assembléia de Deus na Bahia, especialmente Salvador.
Mas, justamente no calor dessas comemorações, um fato curioso, poderá tirar a beleza e o sentimento fraternal das tais. Um cisma entre a CEADEB ( Convenção Estadual das Assembléias de Deus no Estado da Bahia) e ADESAL (Assembléia de Deus em Salvador), ameaça a unidade dos ministros assembleianos. Como diz meu amigo, Pr. Dário Gomes em seu Blog, "de um lado a Ceadeb, cobrando dividas, alegando quebra de acordo, descumprimento do estatuto. Do outro lado, a Adesal como igreja mãe das Assembléia de Deus na Bahia que por muitos anos sustentou a Ceadeb, por isso mais antiga como instituição, sendo desconsiderada, cobrada e acusada de ser a principal culpada do não cumprimento do pagamento aos jubilados."
Em que resultará isso, ainda é cedo para dizer. Todavia, embora sabendo das consequencias desta separação, umas boas, outras não, é necessário lembrarmos que, o Corpo de Cristo é a Igreja, os santos espalhados em toda terra. Não é a denominação nem a associação. Na verdade Jesus não está preocupado nem com uma coisa nem com a outra, Ele quer a unidade do seu corpo místico na terra, da noiva comprada com seu sangue.
A Assembléia de Deus em todo Brasil tem se orgulhado demais de sua grandeza, de seus cerca de 20 milhões de fiéis, tenho ouvido líderes assembleianos gritar "somos a maior denominação", nos achamos mais santos, mais coerentes, nos isolamos dos demais membros do corpo de Cristo lotados em outras denominações. Construimos um Castelo forte em torno de nossa filosofia religiosa e, o fato é que, estamos longe do que Cristo ensinou e ordenou. Vejo esta separação como um agir de Deus, vejo um tempo em que grandes líderes de grandes campos das Assembléias de Deus vão perder seu status. Homens que não vivem mais pela direção do Espírito, mas pelo renda do campo. Na Bahia, em dezenas de campos de nossa denominação, as ovelhas estão clamando, os homens perderam a visão de Deus. A obra de Deus para alguns desses homens é apenas ganha pão, um modo de vida, de lucro. Esta separação entre Adesal e Ceadeb, semelhante com aquela entre Silas e CGADB, é apenas o começo de uma fragmentação que ensinará às Assembléias de Deus, o caminho de volta à mensagem pentecostal de nosso irmão Gunar.