3 de jul de 2011

Pr. Israel Alves Fala Pela Primeira Vez em Seu Blog Sobre o Surgimento da Conframadeb e suas Implicações



COMO SURGIU UMA NOVA CONVENÇÃO DA AD NA BAHIA

A CGADB tem registrada hoje em torno de 60 convenções regionais ou estaduais. Não existe nada de errado ter uma nova convenção em qualquer Estado da federação. Só lamento que muitas delas surgiram por falta de entendimento entre servos de Deus. Para nós participantes da nova convenção(CONFRAMADEB - CONVENÇÃO FRATERNAL DOS MINISTROS DA ASSEMBLEIA DE DEUS DA BAHIA), sem dúvida foi uma grande vitoria quando na última assembleia Geral da CGADB em Cuiabá nossa convenção foi aprovada com apenas 10 votos contrarios. O Brasil assembleiano entendeu que não tinha outra opção a não ser ter uma nova convenção em nosso Estado. Lamentamos que o surgimento de uma nova convenção foi fruto de uma crise entre a CEADEB e a igreja As de Deus em Salvador. Como estamos há um ano em um conflito tremendo entre irmãos, gostaria de trazer algumas explicaçoes, haja vista que as pessoas não tem a nossa explicação por completo, pois temos sido econômicos para evitar aumentar a crise, mas algumas pessoas como um pastor que acompanha o meu blog e já mandou duas mensagens que não publiquei pois entendi que ele não tem a informação correta do que está acontecendo. vou citar as responsabilidades do que está aconecendo no meu ponto de vista.
1 - RESPONSABILIDADE DA CEADEB - Há um ano atrás a ceadeb fez uma assembleia geral para tratar de um assunto relacionado com a nossa igreja e a diretoria da mesma. Esta assembleia geral foi baseada apenas em boatos. Boatos de que estávamos nos separando daquela convenção. Fizeram uma Assembleia geral para tratar assunto da ADESAL sem convocar o presidente e diretoria da igreja. Naquela Assembleia decidiram que iam mandar cartas contra a pessoa do pastor da igreja, que iam colocar a igreja na justiça e que iam prejudicar em tudo a igreja. e fizeram
- Naquele mesmo dia veio uma comissão falar comigo trazendo algumas propostas, incusive para deixar a direção da igreja. Eu pedi uma semana para orar com os pastores de Salvador e depois daria a resposta. Só que aí está a coisa mais grave que a ceadeb cometeu, não respeitou a semana de oração. No meio daquela semana decidiram dividir a igreja de Salvador. E alguns pastores de setores de forma ilegal resolveu assumir com ondem da ceadeb as igrejas como presidentes delas, causando uma rebelião e divisão promovida por quem tinha que preservar a unidade. Ficaram ilegalmente com mais de 60 igrejas que pertenciam a ADESAL, incusive templos que existiam construidos pela igreja antes da ceadeb existir. Isto resultou em perdas espirituais, com muitos desviados, perdas de bens, perdas financeiras.
- A CEADEB mandou 20 mil cartas cheias de mentiras contra o pastor da igreja para desestabilizar a fé do povo, colocando dúvida no coração do povo. O prejuizo que a CEADEB trouxe para a igreja do Senhor só a eternidade vai revelar.
- Alem disso mandaram cartas mentirosas contra minha pessoa para todas as convenções filiadas a CGADB, atacando minha pessoa e minha imagem. Não fiquei pior pela misericordia de Deus e pela falta de credibilidade do presidente da ceadeb. Como pastores são pessoas mais instruidas, não é tão facil enganar. Os pastores logo perceberam, por exemplo que os cheques que eles estavam denunciando, não tinham ido no banco e que a maioria ainda ia vencer. Para os incautos passou como cheque sem fundo.
- A ceadeb foi ao jornal a tarde e promoveu um escandalo contra a igreja, prejudicando não só a Assembleia de Deus, mas todas igrejas evangélicas.
- A ceadeb foi á justiça contra a igreja. A igreja é ré neste processo. tambem contra mim e outros pasores solicitando ao juiz para nomear um pastor para a igreja. Isto é certo? é bíblico? pois é isto que está pedido no processo que será instuido e julgado no proximo dia 7
- A ceadeb entrou na justiça para cancelar consagração de obreiros em nossa igreja. Você acha que isto é correto? Quem manda na igreja é Deus ou o poder público. Inda bem que o juiz tem juizo e não segue a cabeça de obreiros que se dizem homem de Deus e fazem bobagens como estas

NOSSAS RESPONSABILIDADES. Alguem quiz passar a ideia que dividimos, mas dividimos o que? Se nossa igreja perdeu mais de 60 igrejas. Se levaram de nosos templos os bens internos como som, cadeiras etc. Se fosse nós que fizéssemos isto seriamos chamados de ladrões. Mas o que eles fazem tudo é correto.
- Desligamento da ceadeb. Quando eles dividiram a igreja, nós entendemos naquele momento que não tinha como ficar filiado a uma instituição que não respeita uma igreja. 82 pastores se desligaram da ceadeb.
- Nos filiamos a CIMADEC, uma convenção de amigos nossos no estado do Ceará
- Organizamos uma nova covenção chamada CONFRAMADEB. É bom lembrar que não é ilegal ter uma nova convenção. O estatuto da convenção geral prevê e regulamenta surgimento de novas convençoes. Então estas loucuras e argumentos irresponsáveis nos chamando de rebeldes e divisores não passa de intriga da oposição.
- Entramos na justiça para reaver nosos templos. todos que foram julgados foram devolvidos pela justiça pois tomaram bens que não lhes pertence. Pode demorar ou não mas todos os templos voltarão para o legítimo dono, que é a ADESAL.
- Não podemos negar que somos responsáveis pois já havia antes um debate sobre dever ou não dever dinheiro a CEADEB. A adesal não é filiada a ceadeb e nunca foi, pois a mesma é anterior a ceadeb. Não existem filhos que nascem antes dos pais. A Ceadeb explora as igrejas de forma terrível. Nossa igreja que gastou com a ceadeb entre 200 e 300 mil por ano. A única coisa que recebemos de volta foi calunia, desrespeito e difamação. A igreja desfrutou o que dos milhões que a ceadeb recebeu? A igreja pagou para apanhar.
Uma coisa me chamou muito a atenção, se a ceadeb entrou na justiça para tomar a igreja para ter o dominio sobre ela porque a dividiu e a esfacelou antes de uma decisao judicial? Será pelo prazer da violencia? Será prque já tinha certeza que não iria ganhar na justiça? É bom dizer que a igreja está muito prejudicada e vulnerável, por causa dos boatos, violencia e açoes irresponsáveis de pessoas ligadas a ceadeb, inclusive com carta de emancipação assinada pela diretoria da ceadeb.
Fica uma pergunta no ar: Porque uma convenção dirigida por homens de Deus se esforçaria tanto para destruir uma igreja?
Quero encerrar pedindo oração pela igreja na Bahia e informando a todos que não respondemos no jornal a tarde, não respondemos as cartas caluniadores, não falamos mal dos líderes da ceadeb, inclusive reunimos os obreiros e pedimos aos mesmos que orientasse o povo a respeitar a unção do presidente da convenção e até daqueles que ficaram com nossos templos. Tenho a conciencia tranquila que não pequei contra Deus tocando nos seus ungidos.
Depois de um ano de pressão intensa, de lutas terriveis, podemos afirmar que Deus continua no meio do seu povo e a igreja continua vencendo desafios. Só como exmplo posso citar, em novembro do ano passado batizamos em torno de 2500 pessoas e agora no batismo do centenário batizamos mais 1000 pessoas. Em torno de 3500 pessaos foram batizadas em apenas 7 meses. A igreja está viva e atuante. Com certeza está sofrendo, mas resistindo firme, esperando na vitoria que vem do Senhor.
Orem por nós.

Nenhum comentário: