6 de jun de 2012

Missões e Liderança


Precisamos definir nossas metas e saber em qual visão estamos imbuídos. Este tem sido um problema em algumas instituições evangélicas: definir visão e metas. Se o desejo de Deus para a sua igreja é a evangelização e o envio de obreiros às nações e esta mantém-se distraída com qualquer outro projeto, então ela não está no centro da vontade de Deus! 
Uma vez entendendo esta verdade, a igreja precisa definir sua visão e suas metas. A liderança da igreja deve ter em mente de que são responsáveis por fomentar a visão e as metas e, colocar seus liderados na rota da visão de Deus. Sempre que Deus quer conduzir seu povo por um caminho, Ele estabelece lideranças. É à liderança que Ele confia seus planos e projetos, é a ela que lhes mostra sua visão e espera que a mesma obedeça a metas e estratégias bem planejadas. A liderança existe para dar um norte ao povo, conduzi-los sob a orientação do Espírito Santo. Uma liderança que não define visão e metas, não sabe para onde ir e deixa o povo desorientado e sem razão de existir no Reino de Deus!
A obra missionária deve ser uma bandeira da liderança. É a liderança que deve motivar o povo a orar, contribuir e se envolver como instrumento de Deus na tarefa de evangelizar as nações. Enquanto nossos líderes estiverem indiferentes à sua responsabilidade de conduzir o povo no propósito estabelecido por Deus de proclamar às nações a mensagem da cruz, todo esforço dos liderados estará comprometido e com grandes possibilidades de fracasso!
Uma liderança motivadora gera um povo animado e pronto para sua tarefa. Admiro os Batistas nesta questão. Todo ano a JMM (Junta de Missões Mundiais) e a JMN (Junta de Missões Nacionais), realizam uma Campanha Nacional de Evangelização que visa unir todos os batistas em esforços evangelísticos que alcancem diversas comunidades do país. Este ano, a Campanha "100 Dias que Impactarão o Brasil", conclama o povo a criar uma "muralha de oração" pelo Brasil. Com a chamada "Seja Luz", um vídeo na internet conclama à oração e a participar de um impacto evangelístico já conhecido como TRANS, um esforço de evangelização que acontece todo ano em várias partes do Brasil e que neste ano acontecerá em julho.



A campanha é uma iniciativa dos órgãos de missões da Convenção Batista. Uma liderança que entende seu papel de agente motivador, faz assim: toma a frente, a iniciativa. Que Deus desperte nossos líderes!

Pr. Raimundo Campos
Secretário de Comunicação 

Fonte: Semadesal

Nenhum comentário: