29 de out de 2012

PT Elege ACM Neto


O PT abriu o caminho para o neto do Senador que comandou a Bahia ao estilo do coronelismo e fez a política que favorecia a elite baiana em detrimento das classes mais baixas. A incapacidade de gerir as crises geradas pelas greves da Polícia Militar e dos Professores, foi elemento na administração do Governo baiano que serviu como vantagem para ACM Neto e ainda transformou em herói um certo líder do movimento grevista dos policiais militares. 
As mesmas armas usadas pelo PT nas inexplicáveis greves quando a extrema direita comandava não só a Bahia como o Brasil, foram utilizadas pela oposição do governo de Wagner neste episódio vergonhoso das duas greves que mais trouxeram prejuízos aos baianos neste ano! O Governo do Estado mostrou incapacidade de diálogo e falta de autoridade. Os professores, por exemplo, além de prejudicar os alunos, comprometendo o todo o ano letivo, ainda foram capazes, neste último processo eleitoral, de suspender as aulas um dia útil antes da eleição e o próximo dia útil depois dela, prejudicando ainda mais os alunos da rede pública!
Enquanto Pelegrino em seu último debate, mostrava incapacidade de argumento face às perguntas de ACM Neto que aproveitou para trucidá-lo com a repetida pergunta: "Você Pelegrino agora diz que 'vocês vão fazer', porque não fizeram?", uma vitória ia sendo construída a favor do candidato do DEM que, ao estilo de se avô, foi sagaz e inteligente para aproveitar as fraquezas de um PT incapaz de responder as perguntas mais óbvias.
Já o desacreditado Prefeito de Salvador, que teve uma administração confusa com histórias bizarras de um metrô que virou piada na cidade, um problema de ordem familiar e religiosa, tenta responder à maldosa pergunta da repórter da Rede Bahia que classificou Salvador como uma cidade imobilizada, dizendo que vai tentar um emprego na área de comunicação no rádio ou na TV e começar em 2014, viagem pelo interior do Estado para uma outra campanha eleitoral (a de Governador, acho!). Santa paciência! 


Num outro vídeo postado no youtube, o débil prefeito fala com orgulho do seu voto no 25 e sugere que o novo prefeito não deve dividir o governo com partidos políticos e admite ter cometido tal erro. 
ACM Neto que teve Imbassaí como oposição nas eleições de 2008, agora o tem como aliado e ainda consegue ganhar uma eleição mesmo sendo conhecido como alguém que "disse sim a João" e o teve como aliado nesta última campanha!
O povo de Salvador deve ter feito a única leitura de que seria capaz: Políticos de oposição como João Henrique e Wagner, não foram inteligentes o suficiente para gerir as crises de uma cidade como Salvador. Voltemos à era carlista e à filosofia do velho coronel "que roubava, mas fazia!".
Com um prefeito como João, um Governador sem inteligência para gerir crises e um candidato petista incapaz de arguir nos debates, o PT elegeu ACM Neto.

Um comentário:

Shelly Bordados disse...

GOSTEI MUITO DE SUA POSTAGEM,POIS ESTAVA ESPERANDO VER ALGUÉM ANALISAR DESSA FORMA AS ELEIÇÕES DE 2012, CONCORDO COM MESMO O SENHOR.

ABRAÇOS!
MICHELE