19 de fev de 2013

Pra Pensar!

Pensando nesta Teologia barata da Prosperidade e no tipo de pregação que tenho ouvido em nossos púlpitos. Pensando em como comprometemos a essência do Evangelho com essa baboseira, com esse Evangelho das Facilidades, do Sucesso a qualquer preço. Pensando nessas mensagens emocionalistas que meus irmãozinhos em Cristo amam, choram, pedem bis, aplaudem, se arrepiam. Pensando neste caos todo, neste estado de pecado, de contaminação, de perversão e de apostasia gritante, passei a pensar também no que Cristo esperava de nós depois de todo sacrifício feito por Ele e por aqueles que também pagaram com a vida para viver o estilo de vida que o Evangelho propõe.
Vejamos bem. Deus cria um plano, nos elege antes mesmo da fundação do mundo (Ef. 1:4; 1 Pe. 1:20), depois envia seu único Filho (João 3:16) que morre, sente o peso dos nossos pecados, condenado injustamente, o justo pelos injustos (1 Pe. 3:18); Jesus ressuscita, ordena que se pregue esta Palavra a todas as nações; seus discípulos sofrem escárnios, torturas, vitupério, toda sorte de espoliação, enfim, morrem nas arenas. São privados de todo conforto, privados de seus direitos como cidadãos só para defenderem o Evangelho, a fé e não abrir mão da genuína Palavra de Deus!
Depois, todo este preço pago é reputado como um nada na mente dos ignorantes gospeis, que só pensam em reconhecimento, em "restituição", em receber "cem vezes mais", em "ano profético", em "unção nova", e toda espécie de lixo tirado da imaginação americana que forjou uma teologia interesseira e carnal.
O que mais me revolta, sim, me revolta, é que uma corja de pregadores, dentro de nossa denominação enriquece, viram milionários, em nome desse "evangelhozinho" barato que massageia o ego, mas empobrece a alma e deixa vazia a mente que deveria ser de Cristo! Me revolta ainda é ver nossos pastores, líderes de grandes igrejas e convenções patrocinar essa gente carnal que mercadeja o Evangelho, que discursam um sermão rico de retórica e eloquência, mas pobre de Bíblia e da verdadeira graça de Deus!
Desvalorizamos, pisamos, cuspimos, traímos o Evangelho e sua mensagem. Temos sido infiéis a esta Palavra quando sorrimos para tudo isto e não fazemos nada. E porque faríamos? Afinal, gostamos! É muito melhor do que o evangelho da renúncia e do desapego às coisas materiais!

Nenhum comentário: