22 de mar de 2013

Caio Fábio, A Síndrome de Lúcifer e os Tele-Evangelistas Tupiniquins

Um dos melhores livros que já li foi "A Síndrome de Lúcifer", do Caio Fábio. Mantive-o bem guardado por algum tempo, até que caí na tolice de começar a emprestar! Já era. Já procurei em algumas livrarias e nada! Mas tenho em minha memória muitas afirmativas do Caio neste livro. Lembro-me que a base bíblica para o discurso do autor estava no episódio de Balaão e no texto sagrado da Epístola de Judas. Caio Fábio discutiu também detalhes da rebelião de Coré e aplicou de forma inteligente e bíblica às lideranças de então. Apesar de minha tristeza pelo que aconteceu ao Caio, pois penso que o Brasil deixou de apreciar um dos melhores escritores nacionais, ainda trago as lições preciosas de seus escritos. Confesso não concordar coma a abordagem atual de seu discurso e de seus protestos, mas guardo os preciosos ensinos de suas obras literárias.
Caio Fábio
Na obra "A Síndrome de Lúcifer", Caio Fábio lembra episódios como os dos tele-evangelistas Bakker e Jimmy Swaggart, que ocupavam horários na TV americana e eram astros entre os evangélicos estadunidenses. Lembro-me dele ter dito que esses pastores da TV foram destruídos pelo mesmo meio de comunicação que os elevou!
Aqui no Brasil, estamos na era desses tele-evangelistas. De vez em quando surgem denúncias, boatos, especulações que já resultaram até em flagrante de transporte de dólares em Bíblia, levando à prisão nos Estados Unidos de um desses astros "ungidos" da TV! 
A alguns anos, o líder do maior movimento neo pentecostal no Brasil, foi preso e acusado de charlatanismo. Mas como no caso do que foi preso nos Estados Unidos, terminou sendo ovacionado pelos fiéis de sua denominação, como injustiçado e saiu como mártir.
Percebo, todavia, que estamos perto de ver a história se repetir. Como a mídia televisiva não tem interesse em noticiar nada que se diga respeito aos evangélicos, a internet, que vem se tornando cada vez mais o meio de comunicação mais acessado e visto, vem noticiando guerras de interesses políticos e pelo poder entre pastores da TV. Boatos como as supostas disputas entre Malafaia, RR Soares e Valdemiro, para ocuparem o horário da madrugada na Band, notícias como aquela que aponta o dono da Mundial do Poder de Deus como um mega fazendeiro, que só se locomove de helicóptero ou jatinho, ou aquela que apresenta Malafaia como o terceiro pastor mais rico do Brasil sendo vencido apenas por Macedo, o primeiro mais rico, e Valdemiro, o segundo, são super comentadas na net!
Por motivos que todos já conhecem, Malafaia foi o mais comentado, a partir daí, ganhou mais notoriedade, foi e está indo a vários programas famosos da TV, coisa que nem se imaginava a alguns anos! O que seria um tropeço para Silas, se transformou em uma grande oportunidade, oportunidade que ele está, por enquanto, sabendo aproveitar.
Vejo tudo isso como uma corda que está sendo esticada demais. Silas, estrategicamente, começa a "alertar" seus expectadores a se prepararem para uma grande "trama" que poderá envolver seu nome a qualquer momento. Os pastores mais ricos do Brasil continuam com seus programas, levando avante suas estratégias, adquirindo cada vez mais riquezas, aumentando o patrimônio pessoal e de seus impérios ministeriais e sinto que a qualquer momento este paraíso poderá começar a ruir. 
Lembro-me daqueles filmes de aventura, em que o vilão tem um império, um grande castelo, uma grande estrutura, uma fortaleza intocável, mas ao final do filme, depois de confrontos com seus oponentes, a grande estrutura cai, uma implosão inexplicável é causada, as paredes simplesmente começam a ruir, enquanto os mocinhos correm entre um escombro e outro pra tentar salvar suas vidas.
O que vejo tem uma relação muito profunda com as palavras, talvez proféticas, do Caio Fábio em seu livro. Percebo que a igreja evangélica brasileira está subindo até onde não deveria ter subido, os holofotes estão claros demais, não em torno do nome de Jesus, mas dos homens, dos nomes das denominações e da tosca marca do gospel. Esse castelo vai cair. Vai cair porque tais homens e a igreja não estão preparados para este momento e porque não estão dando a glória devida a Deus, mas aproveitando para enriquecer em nome dele.

Nenhum comentário: