12 de ago de 2013

Caso Thalles Roberto em União dos Palmares (AL). Seria Ele Mesmo o Culpado?

Pois é. A gente alimenta a ganância das estrelas gospel, damos-lhes um super valor, tornamo-nos suas tietes, investimos altos valores nelas, em detrimento daquele que deveria ser feito na obra de Deus, como: ação social, atendendo os menos favorecidos, missões, novas frentes de trabalho, etc., e depois queremos reclamar!
Alguns vão dizer: "Mas o dinheiro dado ao 'artista' não saiu dos cofres da igreja não, veio de patrocinadores, de ajuda de políticos e tal..." Pois é, movemos céus e terra para eles, os artistas gospel, quando todo este empenho, toda esta habilidade de convencer autoridades e empresários a investir em um show que, na verdade resultará em muito pouco ou, às vezes, nada para o Reino de Deus, deveria ser direcionada para as coisas relevantes na seara do Senhor!
No caso de União dos Palmares, em Alagoas, onde a "estrela", o "artista", Thalles Roberto, deixou a ver navios o público que pagou R$ 35,00 para vê-lo cantar, claro, porque para adorar a Deus mesmo, não se paga, o Pastor responsável pelo evento, na minha opinião, pagou o preço de entrar na onda gospel em detrimento de estar na onda missionária, na onda do Espírito Santo.
Ao assistir o vídeo do Pastor Ivonélio Abrahão, onde exibe documentos e um argumento para rebater as explicações de Thalles, percebe-se que, legalmente, o pastor deve estar certo, embora eu acredite que os tais documentos precisem ser analisados por profissionais, pois os mesmos podem ter sido produzidos depois das explicações do cantor. Pelo amor de Deus, podem ter sido, não estou afirmando que foram.
Mas vamos considerar que o pastor esteja certo, e quero acreditar que esteja, ele apenas está colhendo o fruto de alimentar o ego dessas "estrelas" do gospel, de tratá-los como super seres humanos, dando-lhes as honrarias que deveriam ser dadas a Cristo, tornando-os semi deuses, mimando e atendendo aos seus caprichos!
Segundo o Blog do Francisco Evangelista, dos R$ 100.000,00 gastos na organização do evento, R$ 65.000,00 foi para Thalles, o que considero um valor absurdamente alto para uma apresentação que, em tese, é para louvar a Deus. Esses caras não não ministros do louvor, são artistas da música gospel e há uma discrepância considerável entre as duas coisas! São como alguns Conferencistas que mercadejam a Palavra de Deus!
O site xonei publicou uma lista dos cantores gospel mais caros do Brasil e eles só cobram, claro, porque tem quem pague e depois querem reclamar de que? O que esperar de uma pessoa que se diz porta voz de Cristo, ministro do louvor ou da Palavra, que cobra um valor digno de uma estrela do rock?
Não, não cobrem atitudes de filhos de Deus para quem escolheu ser artista gospel, para quem mercadeja o precioso dom de cantar ou pregar! Não, eles não são culpados, os culpados somos nós!
Considero o Thalles um dos melhores cantores gospel dos últimos tempos! Gosto de sua música e a ouço com prazer. Minha crítica aqui não é ao cantor, mas ao sistema ganancioso da indústria da música gospel e à insanidade das lideranças evangélicas que fazem contratos absurdamente caros com essas estrelas, quando uma série de prioridades no Reino de Deus nunca é levada consideração. Há uma urgência em investimentos pesados em missões e evangelismo, centenas de pessoas morrem todos os dias sem ouvir o evangelho e por causa da falta de ação da igreja e nós gastamos milhões de reais em shows e enriquecemos cada vez mais essas estrelas gospel!
Veja abaixo, a explicação do Doninha, empresário do Thalles. É realmente um grande negócio, não é liturgia, não é culto, está muito longe de ser isso!




O próprio Thalles dando sua versão dos fatos


Neste vídeo, Juninho Lutero, um vlogueiro conhecido na rede, sai em defesa do cantor Thalles.

O vídeo abaixo mostra algumas declarações em favor do Pastor Abrahão.

Abaixo, o momento do vexame em que passou o Pastor Abrahão e o protesto dos pagantes do show em frente ao hotel onde o cantor estava hospedado.


Mais um vídeo da polêmica situação. Parece que o vídeo foi postado por quem quer denunciar o "comportamento mercenário" do cantor, como o inadequado investimento do pastor.


Mais um vídeo envolvendo o não cumprimento de agenda do Thalles

Nenhum comentário: