26 de ago de 2013

Não, o avivamento não virá!

Sim, isso mesmo! O avivamento não virá. Não, uma igreja relevante será uma utopia, crentes maduros fazendo e treinando discípulos, será uma fantasia das mentes sonhadoras dos que choram pela noiva do Cordeiro. Uma evangelização eficaz, capaz de alcançar qualquer um que ouça a doce mensagem da cruz, ficará nos projetos dos missiólogos e dos evangelistas.
Nossos templos até poderão encher, nossos shows e entretenimentos litúrgicos até poderão sacudir a carne da platéia ansiosa por espetáculo e por um festival de emoções que fazem explodir a alma, mas nos manterá distantes do nosso Criador!
O avivamento não virá porque nos tornamos ávidos por números e não por conversões. O avivamento não virá porque substituímos a mensagem bíblica pela positivista e transformamos o momento do agir de Deus, em um espetáculo circense. Deixamos de conversar com Deus para bater papo com o diabo em nossos shows de exorcismo. 
Nossas lideranças deixaram de se reunir para orar e estudar a Bíblia ou ainda discutir em como alcançar sua comunidade para Cristo, para fazer conchavos políticos e discutir suas rendas, riquezas e dívidas, até o ponto de não suportarmos mais. 
Não amados, o avivamento não virá! Ele não virá porque só o buscamos em nossos discursos e em nossas orações públicas. Não virá porque oramos por uma coisa, mas desejamos outra. Não virá porque pregamos uma coisa e vivemos outra. Não virá porque nossos líderes são uma coisa no púlpito de suas igrejas e outra em suas reuniões.
Não virá porque não há investimento relevante em educação cristã, evangelismo e missões. Não virá porque transformaram o esforço evangelístico e missionário em um mero discurso de conferências e seminários. Não virá porque os santos dízimos são usados para fins que não agradam a Deus! Não virá porque nossa santidade é apenas um tema bíblico, não uma vivência, não uma experiência.
Não virá porque culto se tornou entretenimento, adoração agora é show, pregação agora é gritaria e emocionalismo, bíblia é só o livro que levamos ao culto e o lemos em algum momento dele!
O avivamento não virá porque a iniquidade se multiplicou, mas se multiplicou aqui, no arraial dos "santos" e germinou em nossas vidas equivocadas, em nossa mediocridade bíblica e cristã, em nossa ilusão de ser crentes que vão para os céus desse jeito!
O avivamento não virá enquanto eu e cada pastor nesta igreja, nesta cidade, não cair de joelhos e entender o real sentido de nossa chamada. Enquanto não nos arrependermos de nossos pecados, enquanto não desistirmos da tosca idéia de que Deus é um cara fácil de convencer, pois é cheio de misericórdias. O avivamento não virá enquanto não entendermos que o Criador é um Deus de justiça e que executa juízo em sua casa!
O avivamento não virá enquanto nossos átrios estiverem profanados por nosso comércio da fé, enquanto o Messias não entrar pela porta central expulsando os vendilhões e gritando aos quatro cantos: "A minha casa será chamada casa de oração, mas vós a transformaste em covis de ladrões!"
O avivamento não virá enquanto nossa música for apenas uma letra comercial, que vende milhões de cd's, enquanto nossa pregação for apenas uma mensagem de amor com um tema interessante e que dá pra se reproduzir em centenas de dvd's.
O avivamento não virá enquanto não investirmos tempo relevante em oração e em incansável estudo de sua Palavra. Não virá enquanto não sonharmos em alcançar as nações para Cristo, enquanto não investirmos nossa renda em missões, enquanto não fizermos tudo para alcançar todos os homens e enquanto não estendermos a mão para o cansado e aflito, enquanto não investirmos nossas riquezas no Reino de Deus, ao invés de investirmos no reino dos homens.
Não amados, o avivamento não virá...

Nenhum comentário: