25 de mar de 2013

Uma Palavra Sobre 5ª AGO da Conframadeb

Não tenho fotos dos momentos desta 5ª AGO, de uma Convenção que nasceu sob protestos e vociferações de todos os tipos. Não tirei fotos porque decidi lutar por esta Convenção. Decidi deixar a máquina fotográfica de lado e fazer parte das discussões, gastar um tempo planejando, projetando e apresentando propostas que garantissem seu crescimento e moralização. Ela não é a Convenção de Israel Alves, nem é a Convenção dos revoltados com a CEADEB ou com qualquer líder. 
Não é a Convenção dos amigos do Presidente, muito menos um instrumento de oposição à Convenção da qual nos desligamos conscientemente de nossos direitos. Sou contra o discurso que fazem publicamente de que nossa Convenção abraça ou vem abraçando, dando abrigo a ministros injustiçados! Pensar desta forma é ter uma visão medíocre da natureza desta associação de Pastores, é reduzí-la à condição de gangs e facções!
Nenhuma instituição sobrevive sob esta filosofia desgraçada e desprovida de valores mais elevados. Nenhuma instituição que se preze deve aceitar em seu meio, quem vem se abrigar só para fugir das injustiças sofridas. A Conframadeb não precisa de revoltados e injustiçados, ela precisa de homens de Deus com um ideal nobre em proclamar o santo Evangelho, espalhar o Reino de Deus e fazer frente a sistemas comprometidos com o pecado e interesses pessoais.
Nossas Assembleias Gerais Ordinárias e Extraordinárias não podem servir de oportunidade para nossas guerrinhas de ego, nossas disputas e quedas de braço! Elas são a oportunidade para darmos à instituição todas as ferramentas de que necessita para se tornar um modelo em todo o Brasil de uma associação de pastores que pensam acima da mediocridade e que tenham um profundo compromisso com o Santo Evangelho, a ética e a moral!
Nesta quinta AGO presenciamos coisas que nos indicaram que o próprio Deus está querendo nos dirigir e assumir o lugar que é só dele. A maneira como Ele falou, nos corrigiu  e nos exortou, nos mostrando um norte, aparando as arestas, aplainando caminhos, nos repreendendo e nos dando novas chances, é a prova cabal de que esta Convenção tem tudo para se tornar num exemplo para todo o Brasil.
As ministrações dos Pastores Eliezer Lira, José Carlos, Martinho Damião e outros, nos mostraram que, como ministros do Evangelho devemos assumir um alto compromisso com valores pertinentes ao santo ministério e à chamada nos feita pelo nosso Deus!
Mas esta AGO foi também o ambiente escolhido por Deus para falar à Igreja de Salvador, para dizer-nos que um novo tempo está chegando, que as críticas e palavras de maldições lançadas sobre nós a quase três anos atrás por pastores inconsequentes e que não pouparam o rebanho do Senhor e por obreiros e ovelhas feridos e desorientados, estão se transformando em um tempo do mover de Deus sobre seu povo!
O compromisso do próprio Deus em mudar este estado de coisas, inclui um compromisso espiritual, moral e ético do Presidente da Adesal e dos demais ministros que militam na Igreja de Salvador!
A 5ª AGO da Conframadeb foi, portanto, marcada por advertências divinas, por consolo e renovo e por discussões em torno da fidelidade por parte de seus ministros e pela sistematização do processo de indicação, avaliação e consagração de candidatos as santo ministério, proposta apresentada por mim e pelo Conselho de Evangelismo e Missões, o qual presido. 
O Conselho de Educação e Cultura, também preocupado com este tema, apresentou proposta que envolvia a parte técnica deste processo, a exemplo das Escolas Teológicas a serem reconhecidas pela convenção.
Mas a quinta AGO também se preocupou com o futuro. Uma Comissão Eleitoral foi democraticamente eleita para acompanhar o processo que elegerá a nova diretoria da Conframadeb no ano que vem. Além disso, a consagração a Diáconos e Presbíteros da Adesal e a Evangelistas e Pastores da Convenção, foi ponto marcante, principalmente na noite das consagrações a presbíteros, evangelistas e pastores, no sábado, dia 23/03, quando o Pastor Martinho Damião, usado por Deus, falou sobre uma geração de ministros que tem o cajado nas mãos, mas não tem a autoridade divina, como foi o caso de Geazi no episódio em que recebeu ordem de Eliseu para que tomasse seu cajado e ordenasse ao filho da sunamita que revivesse e nada aconteceu!
A AGO terminou, mas a Convenção está aí, ela é uma realidade e ela sobreviverá independentemente das vontades que anseiam pelo seu fim, pela sua desintegração. Ela não pode, repito, ser vista como abrigo de desesperados, injustiçados e revoltados, mas como a associação de homens de espírito livre, de pensadores e de homens que tem opiniões emancipadas, livres de vícios de sistemas religiosos e eclesiásticos que só escravizam!
Esta deve ser a convenção que pensa no evangelismo na Bahia, na formação e educação de novos obreiros, que pensa no envio de homens chamados por Deus ao campo missionário de uma Bahia sedenta da Palavra de Deus! Uma convenção que abandone definitivamente o espírito de disputa que tem desgraçado nossos conclaves e deixado um clima miserável de mal estar e a sensação de se estar sentindo a distância de Deus!
Que venha a 6ª AGO, se Jesus Cristo, nosso amado Salvador, não voltar antes!

22 de mar de 2013

Caio Fábio, A Síndrome de Lúcifer e os Tele-Evangelistas Tupiniquins

Um dos melhores livros que já li foi "A Síndrome de Lúcifer", do Caio Fábio. Mantive-o bem guardado por algum tempo, até que caí na tolice de começar a emprestar! Já era. Já procurei em algumas livrarias e nada! Mas tenho em minha memória muitas afirmativas do Caio neste livro. Lembro-me que a base bíblica para o discurso do autor estava no episódio de Balaão e no texto sagrado da Epístola de Judas. Caio Fábio discutiu também detalhes da rebelião de Coré e aplicou de forma inteligente e bíblica às lideranças de então. Apesar de minha tristeza pelo que aconteceu ao Caio, pois penso que o Brasil deixou de apreciar um dos melhores escritores nacionais, ainda trago as lições preciosas de seus escritos. Confesso não concordar coma a abordagem atual de seu discurso e de seus protestos, mas guardo os preciosos ensinos de suas obras literárias.
Caio Fábio
Na obra "A Síndrome de Lúcifer", Caio Fábio lembra episódios como os dos tele-evangelistas Bakker e Jimmy Swaggart, que ocupavam horários na TV americana e eram astros entre os evangélicos estadunidenses. Lembro-me dele ter dito que esses pastores da TV foram destruídos pelo mesmo meio de comunicação que os elevou!
Aqui no Brasil, estamos na era desses tele-evangelistas. De vez em quando surgem denúncias, boatos, especulações que já resultaram até em flagrante de transporte de dólares em Bíblia, levando à prisão nos Estados Unidos de um desses astros "ungidos" da TV! 
A alguns anos, o líder do maior movimento neo pentecostal no Brasil, foi preso e acusado de charlatanismo. Mas como no caso do que foi preso nos Estados Unidos, terminou sendo ovacionado pelos fiéis de sua denominação, como injustiçado e saiu como mártir.
Percebo, todavia, que estamos perto de ver a história se repetir. Como a mídia televisiva não tem interesse em noticiar nada que se diga respeito aos evangélicos, a internet, que vem se tornando cada vez mais o meio de comunicação mais acessado e visto, vem noticiando guerras de interesses políticos e pelo poder entre pastores da TV. Boatos como as supostas disputas entre Malafaia, RR Soares e Valdemiro, para ocuparem o horário da madrugada na Band, notícias como aquela que aponta o dono da Mundial do Poder de Deus como um mega fazendeiro, que só se locomove de helicóptero ou jatinho, ou aquela que apresenta Malafaia como o terceiro pastor mais rico do Brasil sendo vencido apenas por Macedo, o primeiro mais rico, e Valdemiro, o segundo, são super comentadas na net!
Por motivos que todos já conhecem, Malafaia foi o mais comentado, a partir daí, ganhou mais notoriedade, foi e está indo a vários programas famosos da TV, coisa que nem se imaginava a alguns anos! O que seria um tropeço para Silas, se transformou em uma grande oportunidade, oportunidade que ele está, por enquanto, sabendo aproveitar.
Vejo tudo isso como uma corda que está sendo esticada demais. Silas, estrategicamente, começa a "alertar" seus expectadores a se prepararem para uma grande "trama" que poderá envolver seu nome a qualquer momento. Os pastores mais ricos do Brasil continuam com seus programas, levando avante suas estratégias, adquirindo cada vez mais riquezas, aumentando o patrimônio pessoal e de seus impérios ministeriais e sinto que a qualquer momento este paraíso poderá começar a ruir. 
Lembro-me daqueles filmes de aventura, em que o vilão tem um império, um grande castelo, uma grande estrutura, uma fortaleza intocável, mas ao final do filme, depois de confrontos com seus oponentes, a grande estrutura cai, uma implosão inexplicável é causada, as paredes simplesmente começam a ruir, enquanto os mocinhos correm entre um escombro e outro pra tentar salvar suas vidas.
O que vejo tem uma relação muito profunda com as palavras, talvez proféticas, do Caio Fábio em seu livro. Percebo que a igreja evangélica brasileira está subindo até onde não deveria ter subido, os holofotes estão claros demais, não em torno do nome de Jesus, mas dos homens, dos nomes das denominações e da tosca marca do gospel. Esse castelo vai cair. Vai cair porque tais homens e a igreja não estão preparados para este momento e porque não estão dando a glória devida a Deus, mas aproveitando para enriquecer em nome dele.

16 de mar de 2013

Conframadeb Realiza 5ª AGO e 4ª EBO em Março


Por Israel Alves Ferreira
Presidente da CONFRAMADEB

A convenção Fraternal dos Ministros das igrejas Evangélicas Assembléias de Deus no  Estada da Bahia, conframadeb realiza entre os dias 19 a 23 de março a quinta Assembléia Geral Ordinária, que vai acontecer no Centro de convenções, que fica localizado, no bairro do Stiep, Salvador – Ba. Com o tema, “O ministro e seu relacionamento com Deus”, a quinta AGO deste ano tem por objetivo conscientizar os obreiros quanto as suas responsabilidades diante de Deus e de sua igreja aqui na terra.

Programação

No dia 20, a primeira sessão acontece das 14h às 17, dia 21 a segunda sessão também acontece das 14h às 17h, no dia 22, a terceira sessão acontece pela manhã, das 09h ao meio dia, quarta sessão, das 14h às 17h. Já no dia 23 acontece escola bíblica pela manhã, das 09h ao meio dia.
Durante a quinta AGO, serão tratados diversos assuntos: Os obreiros inadimplentes, desligamentos, consagração de ministros ao ministério pastores, dentre outros assuntos.
Vale lembrar que a quinta AGO terá inicio no dia 19, às 19 horas no templo da Adesal na Paralela, na oportunidade serão apresentados os relatórios da presidência, secretaria tesouraria, conselho fiscal vai acontecer uma palestra com o seguinte tema: “O ministro e o seu relacionamento com Deus”.

Ainda no contexto da AGO  será realizada também a quarta EBO, Escola Bíblica de Obreiros, na igreja sede da Adesal na Av. Luiz Viana Filho, Paralela. Para o ano de 2013, o tema escolhido foi  “O perfil do ministro Cristão”, onde serão abordados pontos como, o ministro e o relacionamento familiar, ministro e a identidade da igreja, o ministro e liturgia do culto.
Serão quatro dias de muita festa e comunhão do povo de Deus, e dentre os preletores para quinta AGO já estão confirmadas as presenças dos Pastores Israel Alves Ferreira, presidente da conframadeb, Pr José Wellington Bezerra da Costa, presidente da Convenção geral das Assembleias de Deus no Brasil, pastor José Antonio dos Santos (AL), Pastor Eliezer Lira (PR), Josué Brandão (BA) e o pastor Anisio Nascimento (SP).

Uframadeb

Em paralelo a quinta AGO, entre os dias 21 a 23 de março,  a União Fraternal das Esposas dos Ministros  das Assembléias de Deus no Estado da Bahia, Uframadeb, convida a todas as irmãs a participarem do sexto encontro.  Na oportunidade serão discutidos temas para as mulheres, onde as mesmas terão oportunidades de trocarem experiências entre si. O tema do encontro de 2013 será: “ O ministério da Esposa do Obreiro”, e quem estará ministrado é a missionária Ofélia, de Feira de Santana, Ba.
Está tudo pronto para a quinta AGO e a quarta EBO, mobilize sua igreja no Estado da Bahia, monte sua caravana e venha participar desta grande festa do povo de Deus em Salvador.

Para maiores informações ligue: 71 - 34931 0970 \\ 9150 7208 \\ 9234 – 2817.

14 de mar de 2013

O Que Penso da Carta Aberta da Liderança Protestante Histórica Acerca da Presidencia da Comissão dos Direitos Humanos

 É interessantes como alguns que assinam esta carta (LEIA A CARTA), já criticaram publicamente o Silas Malafaia por se fazer representante dos evangélicos brasileiros, se é que isso é verdade, e agora aparecem cometendo o mesmo errinho medíocre! Nesta fatídica missiva falam dos direitos dos "pobres" (?) e propositalmente omitem o fato de que, quem tem interesse na destituição do então Presidente da famosa comissão, são os ativistas gays. Acusam, como o faz a imprensa comprometida com o marxismo e ateísmo, o Deputado Marco Feliciano de fazer declarações contra os negros! Que desgraça é essa senhores intelectuais? Que tenha feito uma declaração teologicamente absurda, tudo bem, mas racista? Vocês dão atestado ou de burrice ou do que verdadeiramente estão sendo, instrumento de interesses marxistas e petistas! Onde estão os militantes da consciência negra que não se manifestam, onde estão os integrantes dos movimentos em favor de outras minorias que não se manifestam? 
Porque só os ativistas gays chegam ao absurdo de irem até à frente da igreja do Deputado em questão, perturbar a paz do culto, local sagrado constitucionalmente? Cadê a carta de repúdio de vocês a este absurdo? Me façam uma garapa! Vocês são tão danosos quanto qualquer medida que contrarie os chamados Direitos Humanos! Conheço bispos e gente séria do protestantismo histórico que não coadunam com este manifesto hipócrita, de gente como vocês, que ficam no redutozinho de sua classe social, observando sob a lupa de uma teologia e de certas ciências humanas que estão a kilômetros de distancia das Escrituras!
A carta absurda tenta induzir os leitores a acreditar que a Comissão dos Direitos Humanos da Câmara Federal seja a mais importante do país, quando as mais importantes são as de Constituição e Justiça assumidas por parlamentares do PT condenados na CPI do mensalão! Quem discute o assunto na internet e em outras mídias, concordam que há um interesse poderoso, além das vexações dos ativistas gays e dos discursos gayzistas de Jean Wyllys, que neste processo são instrumentos de uma trama petista.
Os que se constituíram como liderança do protestantismo no Brasil nesta carta, usam as mesmas armas dos ativistas gays, fazendo uma interpretação esdrúxula das declarações infelizes de Marco Feliciano, infelizes, mas não racistas ou preconceituosas. 
Não admiro o Marco Feliciano como pregador, acho ele um desastre em questões de homilética e hermenêutica, mas entendo que suas declarações nada tem haver com as acusações oportunistas de quem tem interesse em manter uma pessoa que tem princípios cristãos distante de qualquer posto nesta sociedade com poder de influência!

13 de mar de 2013

O Papa Não É Pop

Foto: Noticias Terra

Por Raimundo Campos

Contrariando o Engenheiros do Havaí, "o Papa não é Pop". Os especialistas em assuntos do Vaticano vaticinaram um Papa pop, que respondesse aos anseios de uma geração que segundo Joseph Ratzinger, Papa  Emérito, "sofre rápidas transformações". Para todos os especuladores de plantão, o próximo Papa seria um hábil articulista, teria estreita relação com as novas tecnologias e estaria apto para discutir com a mentalidade pós moderna desprovida de toda espécie de preconceito. 
Tais especulações, na verdade, era uma forma de forçar o Vaticano a mudar seu discurso diante de assuntos polêmicos como as relações homo afetivas, aborto, células tronco, pedofilia, entre outros. A mídia internacional tentou dar o tom, apontado o que eles passaram a chamar de "nomes no topo da lista", para assumir a cadeira de São Pedro na religião mais influente do mundo.
A Europa e o país com  maior número de católico do mundo, o Brasil, estavam sempre em pauta. O Papa, no entanto, veio de los hermanos argentinos e tem um perfil um tanto discrepante daquele tão esperado! Segundo noticiado no site Terra, o Papa Francisco, é o argentino Jorge Mario Bergoglio, "um jesuíta austero, de tendência moderada e que leva uma vida discreta." 
Apesar de ter episódios polêmicos em seu passado, como o não apoio a padres de sua ordem, que trabalhavam em bairros pobres, em Mendonza, na Argentina e que foram capturados e presos, o atual Papa já assumiu posturas nada populares, quando "se opôs, de forma tenaz, em 2010, à aprovação da lei que consagrou o casamento homossexual, a primeira na América Latina".
Pouco antes de sancionar a lei declarou que não se tratava "de uma simples luta política; é a pretensão destrutiva ao plano de Deus". "Também se opôs a uma mais recente lei de identidade de gênero que autorizou travestis e transsexuais a registrar seus dados com o sexo escolhido. Estas duas iniciativas esfriaram as relações entre a Igreja argentina e a presidente Cristina Kirchner, embora a presidente, que se declara cristã, seja contrária à legalização do aborto."
O Noticias Terra, declarou ainda: "'Seu estilo de vida é sóbrio e austero. Esse é o modo com ele vive. Anda de metrô, ônibus. Quando ele vai a Roma, viaja de classe econômica", diz Francesca Ambrogetti, co-autora de uma biografia de Bergoglio, ouvida pela Reuters. Homem de hábitos monacais, ele rejeitou a residência oficial oferecida da Arquidiocese de Buenos Aires, optando por morar em um simples apartamento nos arredores da capital argentina."
Logo, o Papa não é Pop, seu perfil está em harmonia com o prelado conservador, maioria no Vaticano, e tudo indica que deverá aborrecer progressistas.  
Não sabemos se o Cardeal argentino, ao ocupar o trono religioso mais venerado do mundo, mudará suas posturas ou conservará o discurso nada pop e se manterá a noticiada simplicidade. O fato é que, entre os Cardeais que deram o voto para Bergoglio, o Papa deveria continuar a dar o tom que o Vaticano sempre deu: manter a postura conservadora em favor da família e dos bons costumes e continuar sob os olhares críticos dos progressistas e dos movimentos pró aborto e das uniões homo afetivas!

12 de mar de 2013

Três Principais Motivos Por Trás da Campanha Contra o Pastor Marco Feliciano Segundo Pastor Silas Malafaia


Um grupo de pastores resolveu fazer uma carta aberta pedindo a saída do pastor Marco Feliciano da presidência da Comissão dos Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados.
Pr. Silas comenta:
Fico de boca aberta de ver pastores a serviço da ideologia da esquerda que nos odeia, e que defendem todos os temas contrários aos princípios da Palavra de Deus. Com todo respeito, não sei se é inocência ou oportunismo.
Apresento aqui as minhas razões para que nenhum pastor assine esta famigerada carta, que serve mais aos interesses dos ímpios do que ao Reino de Deus. Vamos aos fatos:
1) Durante 16 anos o Partido dos Trabalhadores (PT) presidiu a CDHM. Nesse período, esta comissão foi usada tremendamente para apoiar a causa do ativismo gay. Por motivos inconfessáveis eles não a quiseram mais, e, na partilha política, a comissão ficou com o Partido Social Cristão (PSC).
2) Por que toda esta campanha contra o pastor Marco Feliciano? São três os principais motivos:
O primeiro é que ao mesmo tempo que o pastor Marco era empossado na CDHM, dois deputados do PT, José Genoíno e João Paulo Cunha, ambos condenados pelo Supremo Tribunal Federal no crime do mensalão, foram empossados na mais importante comissão da Câmara dos Deputados, que é a Comissão de Constituição e Justiça. Eles precisavam desviar da sociedade o foco deste fato, e como têm poder na mídia, e como todo mundo sabe que a mídia não é a nosso favor, juntou a fome com a vontade de comer para que a sociedade não perceba que dois condenados do PT participam da mais importante Comissão da Câmara.
O segundo motivo é que o pastor Marco Feliciano como deputado tem sido um ferrenho opositor dos privilégios que os ativistas gays querem, e também sobre a questão do aborto.
O terceiro motivo, é que existe uma questão ideológica. Os humanistas, ateístas que compõem os partidos de esquerda no Brasil não querem que a ideologia judaico-cristã permaneça como paradigma na sociedade.
3) Tenho divergências com o pastor Marco Feliciano e muita gente sabe disso. Mas a questão não é ele. Vamos assinar documento para favorecer gays, lésbicas, anarquistas, humanistas, ateístas? ISTO É UMA VERGONHA!!
O Pr. Feliciano fez duas declarações infelizes, mas ele não pode ser julgado como homofóbico ou racista. Primeiro porque nunca bateu ou mandou matar gay, e segundo que ele é de origem negra (mesmo tendo cabelo esticado hahaha), e seu padrasto é negro. O jornalista Reinaldo Azevedo da Veja, que não é evangélico, desmascara o jogo do sindicalismo gay e da esquerda totalitária que quer dominar o nosso país (Clique aqui e leia o artigo).
4) Pastores não podemos ser inocentes e cairmos no jogo da pressão da mídia, e daqueles que nos odeiam para parecermos segundo a sociedade como “politicamente corretos”. Que Deus abra os olhos da liderança evangélica no Brasil.

11 de mar de 2013

Violência gayzista atinge Pr. Marcos Feliciano e sua família


Violência gayzista atinge Pr. Marcos Feliciano e sua família

Julio Severo
Manifestantes ligados ao movimento homossexual realizaram desordens e anarquia na frente da igreja em que o Pr. Marcos Feliciano estava pregando ontem (10/03/2013).
A manifestação, que foi marcada por palavrões, ameaças de violência, depredação e tentativa de invasão do templo, deixou os membros apavorados.
Observando a situação perigosa e suas crianças chorando, o Pr. Feliciano tomou a decisão de tirar de carro sua esposa e filhos, mas os manifestantes gays continuaram atacando.
O clima de hostilidade contra o pastor neopentecostal, que foi eleito recentemente presidente da Comissão de Direitos Humanos (CDH) da Câmara dos Deputados, vem sendo engrossado com as incitações de ódio dos militantes que veem a CDH como sua casa de fazer leis gays, inclusive o sinistro kit gay.
Na semana passada, a apresentadora Xuxa xingou publicamente Feliciano de “monstro”, incitando ainda mais as chamas de ódio provocadas pela esquerda indignada com o pastor. A atriz da Globo parece ter se esquecido de que monstruosidade seria se o pastor tivesse aparecido num filme pelado fazendo sexo com um menino numa desavergonhada propaganda pública da pedofilia. Quem cometeu tal monstruosidade foi Xuxa no filme “Amor Estranho Amor”.
A incitação ao ódio está também vindo de vários grupos cristãos esquerdistas. Em nota pública divulgada em 10/03/2013, o CONIC (Conselho Nacional de Igrejas Cristãs) repudiou publicamente a nomeação de Feliciano à CDH. Os delegados do CONIC que assinaram a nota de repúdio contra o pastor neopentecostal representavam a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, a Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil e a Igreja Presbiteriana Unida
Marina Silva também condenou publicamente a nomeação de Feliciano, mas foi prontamente rebatida pelo Dr. Rubens Teixeira, que disse: “Quem entrou nesta gritaria, ou afagou a campanha para tentar ‘expulsar’ de forma antidemocrática o deputado de lá, pode estar com a mente impregnada com a ideia de que a pregação cristã é homofóbica e por isso cristãos não são pessoas adequadas para falarem sobre direitos humanos. O que é lamentável”.
Embora os incitadores profissionais do ódio estejam utilizando vários atos e palavras fora de contexto do pastor neopentecostal para condená-lo ao linchamento midiático e fazê-lo sair da CDH a qualquer custo, a preocupação deles maior são as posturas cristãs dele frontalmente contrárias ao aborto e ao homossexualismo.
Mas ele não é o único cristão a pensar assim.
Se meu amigo Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz tivesse sido eleito presidente da Comissão de Direitos Humanos, a gritaria e o ódio seriam os mesmos, pois os valores cristãos contra os pecados da sodomia e do assassinato de bebês em gestação são valores fortemente enraizados na Bíblia, tanto para católicos quanto para evangélicos.
Poderiam até eleger um homossexual como Clodovil, que igualmente era vaiado (tudo registrado neste vídeo: http://youtu.be/F9Gk51EvGko) pela militância gay porque, com seu bom senso, o mais famoso gay do Brasil sempre discordava da intolerância do movimento homossexual do Brasil.
Assim, nem mesmo homossexuais conservadores escapariam da fúria de homossexuais esquerdistas.
O que Xuxa, com suas monstruosidades, quer é uma CDH que avance a intolerância do supremacismo gay.
O que o CONIC, Marina Silva e milhares de outros cristãos esquerdistas querem é uma CDH que avance a intolerância do supremacismo gay.
Qualquer cristão, inclusive Marcos Feliciano, que se colocar no caminho do avanço da agenda da intolerância gay sofrerá a fúria de seus militantes.
Nenhum cristão é perfeito. Nem mesmo Feliciano. Um dos maiores erros da vida dele foi, juntamente com muitos outros pastores, ter sido um militante ativo na campanha para eleger a socialista Dilma Rousseff em 2010. Ele não tinha vergonha nenhuma de usar uma camiseta com os dizeres: “Sou cristão e voto em Dilma”.
Marcos Feliciano e sua camiseta com os dizeres: “Sou cristão e voto em Dilma”.
Trabalhou tanto pela mulher com farto currículo terrorista, e hoje todos os amigos dela (CONIC, supremacistas gays, Xuxa, etc.) o demonizam de forma impiedosa.
Por favor, oremos todos pelo Pr. Marcos Feliciano, pois o inferno se levantou contra ele. Oremos para que ele se arrependa de seu pecado de ter apoiado Dilma e o PT.
Afinal, não é preciso ter o dom de profecia para saber que o PT e o socialismo são criações do próprio inferno.
Com informações do site pessoal de Marcos Feliciano, GospelPrime, Reinaldo Azevedo, O Verbo e Gonline.
Leitura recomendada:

10 de mar de 2013

Globo e GLBT X Pastor Marco Feliciano


COMENTÁRIO: ELISEU ANTONIO GOMES: 

Vale a pena lembrar quatro pontos importantíssimos antes de partir à matéria.

1 - O episódio em que Feliciano abordou tema sobre a maldição de Noé, tem um contexto. Foi algo digitado no Twitter, respondendo para evangélicos. E não configura em racismo, é uma interpretação teológica. A turma GLBT quer colocar essa adjetivação nele, racista, com o objetivo de prejudicar sua carreira política, enfraquecê-lo em suas costumeiras defesas de interesses da sociedade em geral.

2 - Vivemos em uma país com liberdade religiosa, e é muito feio se meter na vida alheia sem ser uma pessoa convidada, como fez quem escreveu a matéria em O Globo. Milhares de evangélicos se reúnem em templos pelo Brasil, semanalmente. São pessoas trabalhadoras, independentes, com liberdade para usar o dinheiro de seu salário da maneira que quiserem. E querem dar ofertas e dízimos. Não pedem a ninguém assessoramento financeiro. Articulista de O Globo e turma GLBT, respeite-os, não sejam invasivos!

3. Democracia. Feliciano está Deputado Federal com a escolha de 211.839 votos válidos. Eleitores, seres humanos o escolheram.

4. Retificando a nota de O Globo. O local em que Marco Feliciano aparece no vídeo não é o templo Assembleia de Deus Catedral do Avivamento, liderado por ele em Ribeirão Preto/SP, trata-se de outra igreja, é o ministério assembleiano sediado em Camburiú-SC, liderado pelo Pr. Cesino Bernadino, o evento é o Congresso  Gideões Missionários da Última Hora.
__________


Jogo pesado da Globo contra o pastor e deputado Marco Feliciano


Por Paulo Teixeira

Essa é a Globo que usa máscara Globospel para enganar a crentaiada. Globo é Globo. Não muda.

Publicado: 6/03/13 - 21h56 Atualizado: 6/03/13 - 23h03. 
“- Em vídeo que circula pelas redes sociais, o pastor Marco Feliciano (PSC-SP), indicado para presidir a Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, recolhe doações de fiéis da Assembleia de Deus, na Catedral do Avivamento, sua igreja. Feliciano aceita doações de motocicletas, pede cheques, dinheiro e anuncia recompensas divinas. Em determinado momento, com um cartão na mão, ele diz:
 - É a última vez que eu falo. Samuel de Souza doou o cartão, mas não doou a senha. Aí não vale. Depois vai pedir o milagre pra Deus e Deus não vai dar e vai falar que Deus é ruim”. 
Logo em seguida, um fiel tetraplégico anuncia que vai doar R$ 1.000. O pastor, então, diz: 
- Ele veio como murmurador. Vai voltar como o homem mais abençoado da festa. Eu ainda vou pregar com você por aí, garoto. 
As cenas de recolhimento de dinheiro prosseguem. Marco Feliciano afirma que R$ 500 é o suficiente: 
- Tem mais (dinheiro) aqui na frente? Glória a Jesus! - diz ele, pegando um cheque - Deixa eu ver o sobrenome dele? Feliz de Souza (risos). Mais um (cheque). Amém, amém. Tem gente que diz: 'Pastor, pastor, R$ 1.000 eu não aguento’. Traga R$ 500. Você só não pode é perder a benção. Quem crê dá um jeito. 
 Fonte: O Globo
COMENTÁRIO HOLOFOTE NET:

O Deputado Marco Feliciano está sofrendo esta semana um dos maiores furacões de sua vida parlamentar: o movimento LGBT de todo o Brasil uniu-se para tentar impedir que ela assuma a presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados.

Agora vem a Globo com denúncias contra o pastor. Tudo para fazer coro aos LGBT e tentar impedir que o pastor Feliciano assuma de fato a citada Comissão.

Um dos mais vorazes contra o Marco Feliciano na CDH é o deputado e ativista gay Jean Wyllys (que, acreditem, foi recebido com tapete vermelho no dia 28 de fevereiro de 2013 na Universidade Presbiteriana Mackenzie para falar de agenda gay).

O que tem a ver a forma equivocada de ser pedir oferta em um culto evangélico com a Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados? NADA.

Para quem anda pensando que a Globo se converteu só por causa dos Festivais Promessas, ou da cobertura das Marchas Para Jesus, ou da Feira Internacional Cristã, ENGANA-SE e MUUUUUUITO.

Quando deve haver algum interesse da Globo, ela o prioriza, mesmo que tenha que massacrar algum evangélico para depois afagá-lo.

Enquanto mais de 100 MIL cristãos já assinaram a petição para que Feliciano assuma a presidência da Comissão, neste momento a Globo prefere tirar a máscara Globospel e voltar a ser o que sempre foi: amiga do movimento LGBT.

Não estou aqui defendendo a forma como pastor Marco Feliciano agiu ao pedir a oferta. Discordo totalmente da forma como agiu, todavia a maneira desonesta como a Globo está agindo é de deixar qualquer ser consciente indignado.

A DITADURA GAY age com todas as suas forças. As famílias brasileiras precisam unir-se cada vez mais para impedir a todo custo que venhamos ser intimidados.

Para alegrar a crentaiada desavisada, a Globo está preparando uma novela que terá uma personagem evangélica. ALEGRIA? Claro que NÃO. Não necessitamos mendigar nada da Globo. Para que todos saibam, a Globo também fará apologia ao casamento gay na novela evangélica. Mais tarde detalho sobre isto.

Chego a ‘pensar’ que Globo é mais sagaz do que o Diabo.

Holofote Net

Paulo Teixeira é carioca, administrador do Holofote.Net, Pastor evangélico da igreja Assembleia de Deus, e atua na internet como blogueiro e articulista, desde 2007, focando assuntos sociais, políticos e religiosos, analisando-os sob a ótica cristã. Licenciado em matemática pela Universidade Castelo Branco (UCB/RJ). Mestre em Engenharia Nuclear pelo IME. Doutor em Economia pela UFF. Pós-graduado em Auditoria e Perícia Contábil pela UNESA. Engenheiro de Fortificação e Construção (civil) pelo IME. Bacharel em Direito pela UFRJ (aprovado na prova da OAB-RJ). Bacharel em Ciências Militares pela Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN). Graduando em história pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).

__________

9 de mar de 2013

Manter o Deputado Marco Feliciano na Presidência da Comissão dos Direitos Humanos da Câmara Federal


Amigos,

Eu acabei de criar minha própria petição e espero que possam assiná-la. Ela se chama: Manter o Deputado Marco Feliciano na Presidência da Comissão dos Direitos Humanos da Câmara Federal.

Os motivos estão na postagem anterior.

Eu realmente me preocupo sobre este assunto e juntos nós podemos fazer algo a respeito disso! Cada pessoa que assina nos ajuda a chegarmos mais próximo do nosso objetivo de 100 assinaturas -- será que você pode nos ajudar assinando a petição?

Clique aqui para ler mais a respeito e assine:
http://www.avaaz.org/po/petition/Manter_o_Deputado_Marco_Feliciano_na_Presidencia_da_Comissao_dos_Direitos_Humanos_da_Camara_Federal/?launch

Campanhas como esta sempre começam pequenas, mas elas crescem quando pessoas como nós se envolvem -- por favor reserve um segundo agora mesmo para nos ajudar assinando e passando esta petição adiante.

Muito obrigado,

Raimundo campos

Minha Resposta ao AVAAZ Acerca do Pedido de Petição Para Tirar o Deputado Marco Feliciano da Presidencia da Comissão dos Direitos Humanos


Segundo descrição no próprio site do Avaaz, o nome “Avaaz, que significa "voz" em várias línguas européias, do oriente médio e asiáticas, foi lançada em 2007 com uma simples missão democrática: mobilizar pessoas de todos os países para construir uma ponte entre o mundo em que vivemos e o mundo que a maioria das pessoas querem. A Avaaz mobiliza milhões de pessoas de todo tipo para agirem em causas internacionais urgentes, desde pobreza global até os conflitos no Oriente Médio e mudanças climáticas.”
O site ganhou mais notoriedade no Brasil, no episódio que envolveu uma campanha para cassar o Diploma de Psicólogo do Pastor Silas Malafaia, que também teve em seu favor uma campanha para não cassarem seu Diploma no mesmo site. Como o Avaaz tirou a campanha em favor do Pastor e manteve a que lhe era contra, o tele evangelista Malafaia passou a liderar a sua campanha em seu site.
O site encabeça campanhas importantes e de interesse da sociedade civil, mas nem por isso seus argumentos são inquestionáveis. O processo de indicação pelo PSC para a Presidência da Comissão de Direitos Humanos, movimentou a Câmara dos Deputados e os bastidores da política em Brasília. O nome do Deputado Marcos Feliciano causou um mal estar para quem o vinha acusando de racista e homofóbico por declarações em redes sociais, além de ser alvo de investigação no Supremo Tribunal Federal por estelionato.
Embora eu não concorde com conduta que envolva tais práticas, asseguro-me o direito de questionar as tais acusações, principalmente porque neste país executamos a sentença, antes de julgar. O Avaaz não perdeu tempo e prossegue com sua temporada de caça às bruxas, agora com a campanha: Imediata Destituição do Pastor Marco Feliciano da Presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal.
Abaixo, o email que eu e milhões de pessoas receberam no Brasil, e minha resposta com a consciência limpa e seguro dos meus direitos como cidadão desta república combalida.

Email do Avaaz:

Caros amigos do Brasil, 
É revoltante! O pastor Marco Feliciano, conhecido por comentários racistas e homofóbicos, foi eleito presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara (CDHM), à portas fechadas. Eles acham que conseguem ignorar a opinião pública, mas se todos nós dissermos NÃO em uma única voz agora, vamos tirá-lo de lá! 


Feliciano é alvo no Supremo Tribunal Federal por estelionato e responde por preconceito e discriminação de raça e religião, e pode ser preso. Esse não é o perfil de alguém que deve liderar uma comissão que luta por justiça e igualdade de minorias! A indignação pública está se espalhando em todo o país. Se todos nós apoiarmos os deputados que querem se livrar de Feliciano, poderemos dar a eles a força do povo para vencer. 



Não temos muito tempo. Na próxima terça, alguns parlamentares que deixaram a votação ontem em forma de protestose reunirão para discutir como impedir que Feliciano continue na presidência da CDHM. Assine a urgente petição agora pela imediata destituição de Feliciano -- se alcançarmos 500.000 assinaturas antes de sua reunião, nós entregaremos nossas vozes aos parlamentares e repetiremos isso até que Feliciano saia do cargo: 




Marco Feliciano diz que os negros são “descendentes amaldiçoados de Noé” e que "a podridão dos sentimentos dos homoafetivos levam (sic) ao ódio, ao crime, à rejeição”. Não dá para acreditar! E ele irá liderar justamente a Comissão de Direitos Humanos e Minorias que tem o poder de examinar questões como o casamento gay e investigar as violações dos direitos humanos. 



O Deputado Feliciano foi nomeado para esta posição apenas por causa de negociatas entre os diferentes partidos em Brasília. Mas mesmo alguns políticos do Partido Social Cristão, o mesmo de Feliciano, já disseram que este não é o melhor papel para eles exercerem. Precisamos continuar pressionando e mostrar que milhares de brasileiros não concordam com essa decisão, até eles se envergonharem e colocarem na liderança da CDHM alguém com integridade. 



Mais de 100.000 pessoas já assinaram essa petição. Se nos juntarmos a eles agora e chegarmos a 500.000 antes da terça-feira, poderemos salvar o Brasil de anos de intolerância e discriminação e garantir que este cargo na CDHM seja dado a alguém em que possamos confiar. Assine a urgente petição para dizer “Feliciano, NÃO”, e envie este e-mail a todos: 




Com a Ficha Limpa provamos que quando nos unimos, podemos correr atrás das mudanças que queremos. Nós iniciamos uma grande campanha para tirar Renan do poder e agora, com Feliciano, poderemo assegurar o Congresso de que nossa comunidade vai continuar lutando até limpar nossa política e fazer do Brasil um país mais justo e igualitário. Com determinação e esperança, 



Pedro, Carol, Diego, Alex, Alice, Ricken e toda a equipe da Avaaz



Minha resposta ao Avaaz:



Obrigado por contar comigo para compor a voz daqueles que discordam em assuntos de tamanha relevância para o nosso país e ser parte ativa deste processo democrático através de um instrumento reconhecido politicamente como é o caso da Assinatura de Petição. Todavia, segundo declarações do Deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB - RN), Presidente da Câmara dos Deputados, a eleição fora realizada em reunião privativa aos parlamentares, com a intenção de evitar o conflito da sessão anterior presidida pelo então Presidente da Comissão dos Direitos Humanos, Deputado Domingos Dutra (PT - MA). Os parlamentares votaram em um processo democrático e transparente, não sendo, em minha opinião, justa a expressão "às portas fechadas".

Outrossim, as declarações do Deputado Marcos Feliciano em relação aos africanos, só pode ser atribuída ao negro, na mente de quem quer pensar desta forma. Ele se referiu a uma suposta maldição lançada sobre o continente africano, eu questiono a historicidade desta declaração, mas sou inteligente para entender que esta não é uma declaração racista, embora reconheça que seja um "prato cheio" para os oportunistas. Já quanto às suas supostas declarações homofóbicas, também é mais que questionável, já que neste país qualquer opinião que seja discrepante ao comportamento homossexual é visto e "taxado" como declaração homofóbica.
Estarei pronto para fazer parte de qualquer processo democrático na luta pela igualdade e pela justiça, mas dou-me o direito de não fazê-lo por pressão de grupos com interesses que não seja o bem comum de nossa nação, mas com a consciência livre e no desfrutar da liberdade de pensamento e capacidade de arguir e inquirir.

Abraço de quem pode ajudá-los com a mente livre e apta para discernir.

Raimundo Campos”

Críticos, Só Críticos.

Por Raimundo Campos

Sem querer fazer uma definição longa e extensa da palavra crítica, deixe-me apenas dizer que, crítica é uma avaliação que julga o mérito estético de uma obra de arte, a lógica de um raciocínio, a moralidade de uma conduta, e por aí vai. Na verdade, etimologicamente falando, crítica tem haver com "quebrar", "fragmentar", o que tem relação com a capacidade de alguém quebrar pra ver como é, daí, esta pessoa poder ser autoridade naquilo que quebrou e estudou. O crítico, portanto, é aquele que conhece e que, por isso, pode julgar, avaliar.
No Brasil sempre tivemos críticos pra tudo, para a política, para as artes, etc. Mas de uns anos para cá, estamos contando com umas certas "autoridade" em religião ou movimentos religiosos, teologia, em pensamento protestante, gospel, etc. Basta você acessar a rede, que lá estão eles com seus vídeos, sites, blogs. O grande problema é que a maioria dessa gente se acha acima da razão, donos da verdade e limitam seus supostos conhecimentos aos seus encontros, seminários e conferências. Eles só são críticos, nada mais. Apesar de, em algumas vezes, terem um pensamento sensato e equilibrado, nunca são capazes de formar mentes críticas, formar outros com pensamentos emancipados, capazes de arguir e inquirir. Eles só são críticos. 
Você poderá me dizer: Mas Jesus também foi um crítico! Sim. Mas também foi um grande ensinador e formador de lideranças. Jesus não somente criticou, mas reconheceu as virtudes daqueles que já fora alvo de suas críticas.  Ele criticava a religiosidade reinante, o poder político corrupto, mas também era capaz de elogiar qualquer religioso ou político que demonstrasse piedade e fé. Jesus ensinou seus seguidores a terem uma visão crítica de si mesmos e da vida. Jesus não era apenas um crítico, era formador de outros críticos.
Acontece que vivemos um tempo de ignorância teológica e bíblica sem precedentes! E, ao invés de ensinar, promover o conhecimento, fomentar o estudo da Bíblia, a formação de lideranças eficazes e transformadoras, investir em material humano, os críticos só fazem criticar. 
Lembre-se, não condeno a crítica, ela é necessária, pois é capaz de apontar erros e indicar caminhos, de descortinar idéias e princípios que a maioria não consegue ver. Todavia, ela se torna inútil se você não conseguir dar aos outros a mesma capacidade. O crítico cristão deve ser também um discipulador, um formador de opiniões.
Um outro problema é que, alguns críticos do pensamento protestante se sentem como a elite, outros como detentores do conhecimento, e outros ainda, não aceitam o pensamento que contradiga o seu. Navego constantemente por alguns sites de alguns que arvoram-se como representantes do pensamento protestante no Brasil e percebo a vaidade e a forma "nazista" como confrontam o que acham errado. Armam suas "fogueiras da inquisição" e queimam a reputação de gente que está na mídia, sem nenhum constrangimento!
Esses tais críticos, em nome de uma "apologia", esquecem princípios fundamentais do relacionamento entre irmãos! Não respeitam a família de quem critica e pouco se importam com as consequências de suas campanhas e cruzadas contra pessoas, não contra ideologias e condutas. 
Se acham caçadores de bruxas. Passam a não somente atacar a conduta, mas a pessoa. Ridicularizam e execram, principalmente aqui, na internet, onde a lei quase não existe.
Pois é. Percebo que eles não são só críticos! Você sabe que o brasileiro tem a mania de extrapolar! É incrível como nós brasileiros não sabemos lidar com o novo. Basta, por exemplo, recebermos certa liberdade que logo a transformamos em libertinagem. Deem-nos algemas, que saímos prendendo todos indistintamente, afinal, temos as algemas!
Lembra do movimento G12? Muito bem. A proposta original era formar células, grupos familiares, onde o evangelismo e o discipulado teria o ambiente propício. Mas deu em que? Formação de grandes impérios, criou-se uma feira da vaidade e deu-se lugar a toda sorte de heresia que qualquer religião exotérica ficaria de boca aberta!
É o que acontece com o movimento da crítica protestante no Brasil! Os caras são até inteligentes, alguns tem formação acadêmica invejável, capacidade de argumentação incrível. Mas, só são isso! Não todos, claro, mas a maioria  são um fracasso em demonstrar amor cristão, incapazes de formar discípulos, de darem suas vidas, gastá-las no processo discipular e evangelístico, de formar outros críticos. 
Esses, só são críticos, nada mais!

8 de mar de 2013

Aquele Tipo de Irmão Que Temos

Na comunidade cristã evangélica tem gente de todo tipo, afinal, somos um grupo social e, apesar de termos nossa filosofia de vida embasada nas Escrituras, continuamos a ser seres humanos cheios de fraquezas e falhas. Se você conviver comigo, poderá me amar ou me odiar, vai depender sob qual ângulo decidir me observar. Se me observares pelos defeitos, terás motivos mil para me detestar. Se pelas virtudes, se é que as tenho, poderás me amar. E, se pelos dois, aprenderás a me amar, apesar dos meus defeitos.
Claro, isso acontece com todo mundo. É por isso que Paulo diz que uma das formas de mantermos relacionamentos sadios em nossa comunidade, é praticar a capacidade de suportar:
 "...com toda humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor..."  Efésio 4:2.
"Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros..." Colossenses 3:13. 
É suportando, aceitando o outro com suas fraquezas, que conseguimos conviver. E aí meu caro leitor, teremos que lidar com gente de todo tipo. Um desses tipos é aquele que consegue odiar mais do que amar. Para este, o amor cristão é só filosófico e está restringido à homilia e à liturgia. Qualquer atitude que o contrarie, é motivo para birra e palavras ofensivas. Este tipo de "irmão" só enxerga o serviço como uma obrigação cristã e, se durante a tarefa que lhe foi designada, alguma coisa não atender sua expectativa, pronto, ele terá até argumentos bíblicos para abandonar o serviço e deixar os demais na mão.
Esse tipo de gente costuma julgar você pelo seu olhar, pelas suas idéias, pelas suas posturas. Criticar é o forte desta gente. Elas costumam valorizar tudo que vê fora de sua denominação e apontar falhas em tudo que vê na sua. Só veem o problema e são incapazes de apontar soluções. Porquê? Ah, meu amigo! Se você limita seu olhar a um alvo, dificilmente verá outro! Quem se ocupa demais em apontar erros e falhas, não terá visão para outra coisa que não seja isso. 
Daí, quando seu cálice da ira transborda, ela se vai, sem dar adeus. Todavia, esta atitude não surpreende, pois sempre se mostrou hostil. Seus sorrisos sempre foram fabricados e convenientes, seu serviço, sob pressão. Geralmente quando este tipo de cristão sai da comunidade e migra para outra, usa sempre o argumento da falta de amor, quando, na verdade, foi ela que nunca conseguiu amar.