27 de out de 2014

Colocando Os Pontos nos I's




Escrevo este texto para meia dúzia de leitores e amigos que me acompanham. Durante todo processo de campanhas políticas não me posicionei, não utilizei o face para defender minhas convicções, nem tão pouco fiz da igreja que pastoreio, comitê político. Respeito as diferenças, a liberdade de expressão e de escolha dadas a nós por Deus e ratificada em nossa Constituição. Porém, tenho visto e lido coisas absurdas no face e em todas as redes sociais, escritas e ditas principalmente por religiosos ou líderes que manipulam seu povo. Vamos lá:

Defendem alternância de poder, entretanto, não entregam suas igrejas a outros pastores, vivem anos a fios sendo eternos presidentes e ai de quem se posicionar contrario as suas ideias. Lideram convenções como vitalícios mandatários, caso alguém deseje se candidatar, o que é direito garantido pelo Estatuto, este tal infeliz é chamado de " endemoninhado, filho do diabo, rebelde" etc..

Endeusam um candidato e demonizam o outro, quando, se pesarmos na balança, ambos são iguais: corruptos, exoteristas, maçons, tem mãos manchadas por desvios de verbas, fazem alianças escusas para sustentar sua governabilidade, não demonstram crença no Deus verdadeiro e são defensores de ideologias que contrariam os princípios bíblicos.

As questões do casamento gay, legalização do aborto, descriminalização da maconha, e oficialização da profissão de "profissionais do sexo", passam pelo Congresso Nacional, são os Senadores e Deputados que têm a competência de legislar, ou não sabem o senhores que este é o papel fundamental dos nossos representantes? Agora, me façam uma garapa, conheço líderes religiosos que apoiaram candidatos ao cargo de Deputado Federal, cidadãos não evangélicos, se venderam, receberam propinas, tem seus filhos em cargos comissionados no governo petista, fizeram dos templos palanque politico e agora se manifestam contra a reeleição da presidente Dilma! Lembro-lhes: o povo não é bobo e somos seres pensantes. Deveríamos ter nos preocupado em eleger o maior numero de Senadores e Deputados evangélicos, católicos e de linhagem conservadora para contrastar e se opor às ideias malignas que contrariam a Deus e estragam a nobre instituição chamada sagrada família.

4º De fato, não podemos esquecer que o governo que ai está se envolveu em muitos escândalos e foi perdulário com o dinheiro público, contudo achar que não houve avanços é ser cego por vontade própria, ou como diz o velho adágio: " o pior cego é o que não quer ver". Não vejo apenas um lado da moeda, não observo uma parte do processo, mas o seu todo, não busco só os meus interesses mais de toda uma sociedade, em especial dos menos favorecidos que com todas as mazelas deste governo, foram beneficiados com moradia, faculdade e a esperança de uma vida mais digna.

5º Não posso esquecer que: DEUS É SOBERANO E SENHOR DA HISTORIA, se Ele não quisesse Dilma não seria reeleita.

6º Eleição é eleição e, para tanto, num país ainda democrático, o povo tem a liberdade de fazer a sua escolha e vivenciar os resultados dela. Que Deus abençoe a Presidenta reeleita, bem como todos os integrantes do seu novo governo, afinal, é isso que a Bíblia nos orienta.

Os números da apuração mostram claramente que a nação está ideologicamente dividida, no entanto, cabe aos vencedores mostrarem sua capacidade de unir o povo através de ações e atitudes que tragam a tranquilidade social que as duas metades do Brasil anelam.

7º Sei que serei entendido por uns, elogiado, criticado por outros, entretanto, sou cidadão livre, pensador e formador de opiniões, não poderia me calar diante de alguns descalabros de "chefes, caciques" que ignoram ou desdenham da inteligência e sapiência do povo. Amo minha pátria, vou orar e trabalhar para que ela seja uma pátria melhor.

Avante Brasil, parabéns presidente Dilma!!!!!






Pr. Enivaldo Moreira é licenciado em Filosofia, 
Bacharel em Teologia e Líder da Assembleia de Deus
Ministério Madureira em Feira de Santana

Nenhum comentário: