14 de mar de 2015

Missões é Uma Questão de Amor!

Não tem outra palavra. Amor é a palavra que mais se adequa com missões, aliás, missões é resultado de amor. Deixando de lado toda "filosofada" teológica e missiológica, todos os discursos acadêmicos, fruto de uma idéia forjada em bancos de faculdades e em teorias de missiólogos de *"canudo", tratemos do assunto à luz da Bíblia, de passagens simples e ao mesmo tempo célebres que nos dão a idéia do que verdadeiramente é missões.

 O amor do Pai

Missões é Deus vindo atrás de nós, lembra? "Adão, onde estás?" Ele é Deus, o Soberano, foi afrontado em sua santidade com o pecado do primeiro homem, mas foi Ele que veio a Adão, o ofendido procurou o ofensor, o tratou pessoalmente, deu-lhe a devida punição, mas lhe garantiu a redenção! Executou a justiça pregada milênios mais tarde por Paulo: "Mas agora se manifestou sem lei a justiça de Deus, tendo o testemunho da lei e dos profetas." Rm. 3:21. Sua justiça é seu amor, é seu resgate, é sua redenção. Esse amor que, segundo o próprio Jesus é inenarrável: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira..." Jo. 3:16
Este amor fez com que Cristo se entregasse por cada pecador, se fazendo pecado por nós, o justo morreu pelos injustos, cumprindo a missão dada pelo Pai de resgatar o homem perdido: "...Deus, enviando seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne. " Rm. 8:3!

O amor do Filho

Jesus Cristo, aquele que compraz o Pai (Mt. 3:17), provou seu grande amor através do ato de humanizar-se, fazendo-se homem (Fp. 2: 5-8), sofrendo nossas dores (Is. 53: 3,4) e sentindo nossas tentações (Hb. 2:18). Uma vez homem, seu amor o levou às aldeias e vilarejos mais longínquos (Mt. 9:35), fez com que subisse em barcos, atravessasse mares, entrasse em casas de publicanos e pecadores, parasse para atender os excluídos da sociedade como os leprosos, cegos e mancos, desse atenção à uma mulher desiludida de Samaria na beira de um poço  e, além disso, instigou seus discípulos a fazerem o mesmo: 
"E Ele lhes disse: Vamos às aldeias vizinhas para que eu ali também pregue; porque para isso vim." (Mc. 1: 38). "Não dizeis vós que ainda há quatro meses até que venha a ceifa? Eis que eu vos digo: levantai os vossos olhos, e vede as terras, que já estão brancas para a ceifa." (Jo. 4: 35). 
Seu amor o levou a cruz por nós. Por seu amor Ele viveu, padeceu, morreu e ressuscitou para que fôssemos alvos do perdão do Pai!

A Igreja existe por causa desse amor e para esse amor deve viver. Manifestar esse amor ao mundo é sua missão. Se Deus amou tanto o mundo, se Jesus nos amou tanto a ponto de morrer por nós e ainda enviar-nos ao mundo, o que mais Ele quer de nós se não que amemos o homem perdido?
Então, missão, além de obediência, é obediência em amor, é coração em chamas por vidas, é fazer o que se está ao alcance para resgatar a família, a rua, o bairro, a cidade, o povoado, a nação, outros povos e nações. É querer se dar, é priorizar o ide, é entender que o ide pode ser atendido por todos, de várias formas e tudo por amor, por paixão!
Quem ama, se sacrifica, quem ama investe, quem ama defende, quem ama segura as cordas, quem ama trabalha por aquilo que ama. 
Tenho visto uma espiritualidade sem amor, uma espiritualidade arrogante que se envaidece com os dons, com o dinheiro, com os investimentos em encontros e congressos e se esquece do perdido percador, se esquece do missionário no campo. Pastores e Líderes que priorizam tudo, menos missões. Se quer põe missões no orçamento de sua igreja. Gastam milhares de reais em cachês para Conferencistas, investem pesado em reveillons em lugares suntuosos, mas raramente lembram de missões. Alguns devem pensar que Deus é menino, pois forjam relatórios de ofertas de missões, manipulam o povo com reuniões e Congressos de Missões que visam apenas a arrecadação de recursos, nada mais, pois os valores nem sempre são enviados aos missionários!
Não me diga que ama missões se você não faz nada. Se você não ora, se você não mobiliza, se você não investe seu próprio dinheiro, se você não leva outros a contribuir. Não me diga que ama missões se você se quer conhece os missionários de sua igreja, se você não conhece as carências espirituais e materiais de sua comunidade. Não me diga que ama missões se você fica indiferente ao discurso de quem está preocupado com os missionários e os perdidos!
Missões é questão de amor, é questão de doação da vida, do dinheiro, de tudo que se possa fazer para que vidas sejam salvas!

Nenhum comentário: