10 de jun de 2015

Projeto Púlpito Urbano

Recebi ontem em meu gabinete uma turma de jovens, a maioria casada. São rapazes que conheço desde que fui pastor pela primeira vez em Rio Sena, em 2009. A rapaziada me apresentou um projeto que, apesar de não ter dito a eles, estava no meu coração a muitos anos: levar o púlpito para a rua, oferecer aos moradores da comunidade aquilo que teimamos em oferecer somente entre as quatro paredes do templo. Transformar cada esquina de nossa tão sofrida comunidade um lugar de adoração e de ministração da Palavra de Deus, não de pregação emocionalista e sensacionalista, mas aquela que se traduz num falar à mente de nossa gente tão sofrida. Se Cristo fez isso, se Ele foi capaz de estar o tempo todo nas casas, nas aldeias, fazendo de cada canto das ruas o seu púlpito, de cada barquinho o seu altar, olhando nos olhos das pessoas, comunicando vida, esperança numa linguagem simples e ao mesmo tempo arrebatadora, porque nós seus seguidores teimamos em ser os ministros do templo e nada mais. Pior: transformamos o evangelismo em ar livre num culto totalmente diferente daquele que fazemos no templo!
Mas a galera de Púlpito Urbano resolveu levar o culto para a rua, com os mesmos elementos: boa música, alegria, testemunho e pregação. Na semana passada, no largo da Rua do Lírio, 7 vidas decidiram-se ao lado de Cristo! Uma noite especial que motivou os envolvidos no projeto a continuar levando Cristo a esta comunidade do subúrbio tão carente de Cristo e sua Palavra.
O próximo Púlpito Urbano acontecerá na região de Ilha Amarela, próximo ao cruzamento  Rio Sena X Terezinha e da Caixa D'água. 

video

Nenhum comentário: